Campanha para não privatizar Banrisul já está nas ruas




Uma comitiva de servidores do Sindicato dos Bancários esteve no calçadão, neste dia 13, colhendo assinaturas para que o Banrisul não seja privatizado.

O projeto de iniciativa popular tem que arrecadar 60 mil assinaturas em todo o Rio Grande do Sul para ser aprovado.

Muitos alegretenses aderiram e pararam para assinar.

Carlos Augusto Rocha diretor de política sindical da Federação do Bancários do RS, está em Alegrete, dando apoio aos colegas.

A ideia é levar a campanha a outros locais de Alegrete. Para assinar a pessoa tem que star com seus documentos pessoais

Ele, mais uma vez, lembrou que não se justifica privatizar o banco, por onde passam 98,9% do PIB gaúcho e deu lucro de 643,5 milhões em 2016.

O sindicalista observou que é o único banco que atinge a totalidade da população gaúcha, ou seja 98,5%, algo inédito no país, com 536 agências.

Atinge todas as camadas da população e oferece uma gama de produtos. “Um é o cartão Banricompras com custo zero ao usuário e que se pode comprar à vista ou prazo, em várias vezes. É o que garante para muita gente a compra desde um botijão de gás, alimentação e, injeta milhões por mês na economia gaúcha, salienta Rocha.

Os bancários lembram que se é tão cobiçado, é porque é importante

 





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *