Cavalgada que pede a paz mundial cruza por São Gabriel




Cavalgada da Integração percorreu roteiro por três dias no município

Uma cavalgada destinada a promover os valores da paz em locais marcados pela guerra e derramamento de sangue. Com este objetivo, São Gabrielsediou, entre sexta-feira e domingo, a Cavalgada da Integração, promovida entre o Grupo Tradicionalista de Cavalgadas Sepé Tiaraju e Confraria dos Cavaleiros da Paz, grupo de cavalarianos e tradicionalistas que já realizou cavalgadas em diversos países do mundo.

Cavalgada da Paz, como parte da programação cultural da 10.ª Feira Municipal do Livro de São Gabriel. A foto é no Monumento da Batalha do Caiboaté

Grupo de cavalarianos esteve na cruz que simboliza o local da batalha de Caiboaté, onde 1,6 mil índios guaranis foram mortos em 1756Foto: Prefeitura de São Gabriel / Divulgação

Segundo o artista plástico Carlito Bicca, um dos integrantes da confraria Cavaleiros da Paz, o objetivo da atividade é percorrer locais que foram marcados por grandes guerras e tragédias humanitárias, para levar uma mensagem de paz.

A cavalgada, que já percorreu lugares como Cidade do México, Santiago de Compostela, na Espanha, Chile, China e Mongólia, foi feita desta vez em direção ao Monumento da Batalha do Caiboaté. Uma grande cruz de cimento marca o local de um dos mais sangrentos combates da Guerra Guaranítica, ocorrida em 10 de fevereiro de 1756, quando tropas da Espanha e de Portugal exterminaram 1,6 mil índios guaranis.

Os cavalarianos visitaram também o Museu da Igreja do Galo e a Sanga da Bica – reserva histórica que guarda o local do tombamento do corregedor guarani José Tiarajú, conhecido como Sepé. O grupo foi recebido no Parque Tradicionalista Rincão das Carretas por autoridades municipais.

No domingo, o cavalariano Carlito Bicca concedeu palestra e autografou seu livro Lentes e Pincéis, com retratos e gravuras das cavalgadas, na 10ª Feira do Livro.

* Com informações da prefeitura de São Gabriel

 

Fonte: Diário de Santa Maria





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *