Chuva e granizo danificam pelo menos 15 casas em Santa Maria




Em 12 horas, cidade registrou 32,4mm de chuva

A quarta e quinta-feira foi de chuva intensa em Santa Maria e outras cidades da região. Em um período de 12 horas (entre as 18h de quarta e 6h desta quinta), a cidade registrou 32,4mm, de acordo com o meteorologista William Minhoto, da Somar Meteorologia. Em diferentes cidades da região teve registro de granizo durante esta madrugada.

Chuva deixou 15 casas destruídas no interior de Santa Maria

Foto: Cladmir Nascimento / Divulgação

 

Nesta manhã, a defesa civil municipal distribuiu lonas aos moradores da localidade de São Marcos, no distrito de Arroio Grande, no interior de Santa Maria. De acordo com Cladmir Nascimento, coordenador da defesa civil municipal, pelo menos 15 casas tiveram o telhado danificado por causa do granizo.

 

Em Cruz Alta, com o vendaval e a chuvarada registrados no começo deste mês, mais de 600 casas ficaram destelhadas. Delmar Fonseca, coordenador municipal da defesa civil daquela cidade explica que a comunidade doou telhas que estão sendo entregues à população desde a última quarta-feira, mas que o material não deve ser suficiente para todas as residências e, por isso, as equipes devem distribuir lonas também. Apesar do volume de chuva, até o final desta manhã não havia registro de mais estragos provocados pela chuvarada em Cruz Alta.

ESTRADA FICOU BLOQUEADA 

Chuva provocou queda de barreira na ERS-149, entre Nova Palma e Pinhal Grande. Trânsito está completamente interrompido no local.

Foto: BM de Faxinal do Soturno / Divulgação

Pouco antes das 7h desta quinta-feira, uma queda de barreira interrompeu totalmente o trânsito na ERS-149 que liga os municípios de Nova Palma e Pinhal Grande na Quarta Colônia de Imigração Italiana, Região Central. O ponto de desmoronamento fica a cerca de quatro quilômetros da área urbana de Nova Palma. O fluxo ficou completamente bloqueado até por volta das 11h30min, quando foi liberada uma pista. Equipes da prefeitura de Nova Palma usaram escavadeira hidráulica para remover as pedras. Segundo o secretário de Obras e Trânsito, Gilson Descovi, dificilmente haverá novo deslizamento no local.

O volume do Rio Soturno, em Faxinal, também começou a subir desde a noite de quarta-feira e é monitorado pelas defesa civil de Nova Palma.

CHUVA CONTINUA 

A chuva deve continuar pelo menos durante a sexta-feira, ao longo de todo o dia, e no sábado, com menos intensidade. O sol aparece no domingo e na segunda-feira, mas a chuva volta – com pancadas isoladas – na terça-feira em Santa Maria, explica o meteorologista William Minhoto. Para sexta-feira, as temperaturas variam de 16ºC e 21ºC . No sábado, a mínima prevista é de 14ºC e a máxima de 21ºc. Já no domingo, os termômetros marcam mínima de 12ºC e máxima de 22ºC.





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *