Comoção e dor com a morte de professora

As drogas deixam sempre um rastro de dor e tormento entre seus usuários. Quando não prolongam o sofrimento por anos, provocam situações inesperadas como a que vitimou uma professora da rede estadual de ensino na tarde desta quinta-feira,14.  A Polícia Civil realizava mais um monitoramento a um traficante da cidade e, quando abordou a professora na Praça Getúlio Vargas, uma das clientes do homem que era o alvo da investigação, ela teve uma atitude que lhe custou a vida: engoliu os papelotes de cocaína. Segundo estimam os policiais, foram 4 papelotes que foram ingeridos.

Levada até o plantão da DP para ser ouvida, a educadora de 49 anos começou a sentir-se mal e com sintomas de convulsão, logo foi removida pelo SAMU até a Santa Casa onde acabou falecendo minutos mais tarde. Para o Delegado Adriano Linhares, essa pode ter sido uma atitude impulsiva, num momento de pânico. Mesmo acostumado a situações de alto nível de tensão e estresse, Linhares disse já ter se deparado com reações semelhantes, mas que essa teve um desdobramento trágico, lamenta. Ele só veio saber que ela havia morrido, horas depois pelas redes sociais. As manifestação dos amigos e alunos são intensas nos perfis de Facebook.

As últimas homenagens estão sendo prestadas na sala velatória da Angelus, na rua Daltro Filho. O sepultamento será às 17 horas no Cemitério Municipal.

O traficante que estava sendo investigado,  conseguiu fugir.

policia

 

 



Curta nossa Fan Page



Comentar com Facebook

9 comentários

  • MARI

    ISSO TUDO É MUITO TRISTE , É DESESPERADOR . MAIS É UMA REALIDADE QUE ESTÁ MAIS PERTO DO QUE IMAGINAMOS . PRECISAMOS NOS UNIR E DAR UM BASTA NESSE TRÁFICO DE DROGAS MALDITO QUE QUER DESTRUIR NOSSAS VIDAS , NOSSOS LARES . PRECISAMOS TER MUITA FÉ E CONTAR COM O BOM TRABALHO DA POLÍCIA PARA QUE ESSES TRAFICANTES SEJAM PRESOS MAS QUE PERMANEÇAM PRESOS , POIS A CADEIA É O LUGAR DELES. E QUE DEUS TENHA PIEDADE DE NÓS .AMÉM.

  • Infelizmente, ninguém que use drogas deve esperar um fim diferente. Ela poderia ser o que fosse, mas financiava o crime. Sinto pelos familiares, que são os que sempre acabam sofrendo.

  • Se o alvo era o traficante porque só a professora foi presa?

  • Nara

    Se o alvo era o traficante porque só a professora foi presa?
    E se engoliu 4 papelotes porque os polícias não levaram direto ao hospital?
    Acho que tem muita coisa errada

  • maria vitória

    Não estou convencida de várias questões, que as transformo aqui em perguntas:
    – por que o traficante fugiu?a polícia deixou o fugir? preferiu assim?
    -sabendo que ela já havia colocado a droga na boca por que a polícia não a levou diretamente para o hospital?
    -ela foi para a delegacia sozinha com a polícia? sozinha? o que poderia ter acontecido nesse meio tempo?como ela reagiu nesse meio tempo? como a polícia reagiu com ela nesse espaço até a delegacia?que estratégias a polícia usou nesse meio tempo para ela falar?
    -a polícia preocupou-se em burocratizar seu trabalho, para depois perceber que ela deveria ir para o hospital?
    -o delegado ficar sabendo da morte pelas redes sociais? algo está confuso nessa história.
    – e o traficante? nunca mais? foi uma isca apenas para pegar um usuário?
    -que polícia é essa que deixa fugir o bandido e pega a vítima do sistema?
    -a família precisa processar esse estado, essa polícia, sim! E investigar mai, porque tem algo de errado nessa história.

  • Q Deus d força e console o coraçao da família. Amém

  • Se o policial como diz já estava habituado com esse tipo de situação como disse,o que eu duvido muito mais me parece que ele queria era ferrar com a professora fazer ela passar por constrangimento,a atitude correta é dar prioridade a vida e não ‘F”… as pessoas ,antes de leva-la a delegacia deveria ter levado ela ao hospital e esse

    tal traficante que fugiu;? estranho essa conversinha

  • izabel

    Sou irmã da professora. Ela ingeriu a droga dentro do bar em que foi abordada – na frente do delegado. Deveriam te-la levado ao HOSPITAL, mas a levaram pra DP . Os amigos que estavam com ela foram barrados na porta da delegacia,- não os deixaram entrar- e já a viram sair morta de lá. O SAMU dirá. === A pollicial tirou a droga da boca da minha irmã e entregou NA MÂO do delegado DENTRO DO BAR. Quando ela saiu deste bar, ela avisou aos amigos que estava se sentindo mal, mesmo assim foi levada pra DP. Minha irmã era professora, tinha residência fixa e era respeitada e admirada por toda a sociedade e por seus alunos,nunca foi traficante, era apenas uma usuária. Minha irmã foi constrangida na frente de todos, abriram sua bolsa e atiraram seus pertences sobre a mesa. Há o vídeo do bar para comprovar tudo.

  • rose

    EXELENTE PESSOA,UMA PROFESSORA MARAVILHOSA QUE NUNCA OFERECEU RISCO NENHUM PRA ALUNOS E SOCIEDADE,TINHA UM SORRISO ESTAMPADO NO ROSTO,NAO TINHA PASSAGEM PELA POLICIA,ERA HONESTA,FELIZ DO JEITO DELA,ADMIRADA POR MUITOS EM ESPECIAL PELOS SEUS ALUNOS,AMIGA DE NOS ,OS PAIS…PROFESSORA DOS MEUS FILHOS,VIVIA DO JEITO DELA,E VIVIA INTENSAMENTE,PORQUE TEVE ESSE FIM? SEM CHANCE NENHUMA DE DEFESA,MORREU SEM AO MENOS PODER SE DEFENDER…E O TRAFICANTE? ESSE TA SOLTO,CONSEGUIU FUGIR…TRISTE,MUITO TRISTE
    VAI EM PAZ MINHA AMIGA,DEIXA AQUI MUITA SAUDADES,E O TEU SORRISO,TUA ALEGRIA CONTAGIANTE COMO MARCA REGISTRADA. QUE DEUS CONFORTE A FAMILIA,E A NOS,OA AMIGOS,QUE AO CHEGAR NO PORTAO DA ESCOLA,NAO TEREMOS MAIS AQUELE SORRISO CONTAGIANTE…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *