Consul argentino: “Alegrete precisa se preparar mais para receber os turistas”




Com objetivo de aprimorar o atendimento aos turistas argentinos, por iniciativa das Secretarias de Desenvolvimento Econômico, Turismo e o Centro Empresarial estiveram em Alegrete dia 11, o cônsul argentino, em Uruguaiana, Alejandro José Massuco e o auxiliar consular, Walter Omar Bravo Espíndola.

Com uma extensa agenda, na cidade, eles falaram aos empresários do ramo de restaurantes e de hotéis sobre as principais necessidades para receber e atender os turistas.

De acordo com o Cônsul, entram pela aduana em Uruguaiana, 1.600 milhão turistas de dezembro a março. Muitos, logo após os demorados trâmites de entrada, ficam em hotéis de Uruguaiana e grande parte em São Gabriel que, devido ao aumento já não atende a demanda, observou Massuco.

Em Alegrete devido ao trabalho das secretarias municipais e as próprias empresas, em 2017, muitos pernoitaram em Alegrete, o que não acontecia de firma tão expressiva.

Mas ainda é necessário avançar considera, Jesse Trindade, salientando a iniciativa antes nunca colocada em prática, com o ponto de informações ao turista, na BR 290 junto ao posto da PRF.

O primeiro ponto fundamental é dispor de wifi, no Posto Turístico, porque mesmo viajando em grupos eles precisam se comunicar com a família, salientou o Cônsul. E ainda se estiveram bem acomodados,automaticamente vão avisar, pelo whatts zap, outros conterrâneos que com certeza vão entrar na cidade.

A colocação das placas de sinalização em espanhol para situar os hermanos sobre hotéis e restaurantes e até posto de combustíveis também é relevante. Já existe licitação para este serviço, disse Trindade.

 

Outra preocupação é quanto ao câmbio e para isso foi sugerido que o turista use cartão e os bancos mais indicados seriam o Santander e o Bradesco. Citou o auxiliar consular que, em Uruguaiana, eles podem sacar 500 reais por dia nestas instituições e pagar  com cartão.

As autoridades argentinas enfatizam que Alegrete tem potencial para atender este público, mas para isso tem que se preparar e colocar em pratica estas necessidades, já que daqui a pouco mais de dois meses eles vão começar a entrar no Brasil.

Quando estiveram no Centro Administrativo, o Vice-prefeito Márcio Amaral apresentou os folders turísticos do município, e comentou sobre os potenciais econômicos de Alegrete. O Secretário de Turismo, Gabriel Feijó, apresentou os eventos turísticos de Alegrete, como o EFIPAN, Carnaval, Campereada Internacional, Canto Farroupilha, Festejos Farroupilhas, Circuito de Museus, entre outros.
Em relação a eventos como rodeios, Alejandro Massuco, lembra que os argentinos gostam muito e se quando voltarem, do litoral, estiver acontecendo eventos desta natureza, se faz necessário anunciar, porque podem entrar e até acampar e consumir na cidade.




Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

1 Comentário

  • Ari Quadros

    Um meio ambiente de qualidade também é de fundamental importância num contexto turístico. Uma cidade rigorosamente limpa, por exemplo, nunca é demais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *