“Decidi falar para que outros não passem por isso”, diz psicólogo que denunciou homofobia em formatura




Marcus Vinicio Soares Beccon foi entrevistado no programa Timeline, da Rádio Gaúcha

O psicólogo e empresário Marcus Vinicio Soares Beccon, 53 anos, foi entrevistado no programa Timeline, da Rádio Gaúcha, na manhã desta terça-feira (8) sobre a ocorrência policial de agressão que registrou na madrugada do último sábado, durante festa de formatura em Porto Alegre. Beccon disse que foi vítima de homofobia e que decidiu denunciar o caso para que outras pessoas não passem pela mesma situação.

Ele registrou na polícia ter sido imobilizado no piso do salão de festas da Associação Leopoldina Juvenil e ter recebido tapas e chutes de um grupo de homens. As agressões teriam ocorrido depois de um beijo entre ele e seu namorado, o universitário Raul Silveira Weiss, 22 anos.

Ouça a entrevista na Rádio Gaúcha:

 

Fonte: ZERO HORA





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *