Desafio Modelo de Negócios do Pampa Tec da Unipampa, premia empreendedores




Incentivo às ideias inovadoras, a troca de experiencias e a solidariedade marcaram,no último dia 30, a entrega da distinção aos vencedores do Desafio Modelo de Negócios da Unipampa, no salão do Sicredi, aos mais votados durante a quinta edição do projeto, organizado pelo PampaTec e seus parceiros.

Tudo começou com a troca de experiências, pois à volta de mesas redondas que facilitaram o diálogo, ouviram a trajetória de desafios de um empresário de sucesso. Drebes

E Solidariedade, pois além dos mais de 700 litros de leite já doados, cada bebida comprada na copa, do evento, teve seu lucro revertido à APAE de Alegrete.

Desde sua fundação em 2010 o PampaTec – Parque Tecnológico do Pampa, coordenado por Vitor Almada vem procurando desenvolver ações de incentivo e suporte aos novos negócios inovadores e de base tecnológica.

O projeto “Desafio Modelo de Negócio” surgiu em 2013 com esse propósito e,, através da metodologia do Business Model Canvas objetiva valorizar ideias de novos negócios envolvendo tecnologia.

Acreditando que promover um ambiente de apoio a inovação não é algo que se faça isoladamente, o PampaTec, que é um órgão da UNIPAMPA, com forte suporte da Reitoria e do Campus Alegrete, procura ampliar sua rede de parceiros alinhados a esse propósito, sendo que nesta edição conta com os seguintes apoiadores para a organização: Centro Empresarial de Alegrete;Instituto Federal Farroupilha, Campus Alegrete;Sicredi Pampa Gaúcho;Prefeitura de Alegrete através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação, Ciência e Tecnologia;UNOPAR, Polo de Alegrete; SEBRAE RS, através do seu agente em Alegrete;e dos integrantes do Projeto Educação Empreendedora realizado entre UNIPAMPA e SEBRAE RS.

A quinta edição do Desafio de Modelos de Negócio contou com 75 pessoas inscritas. Destas, 61 se identificaram como alunos de cursos de graduação de 4 Instituições: Instituto Federal Farroupilha, URCAMP, UNOPAR e UNIPAMPA. No primeiro encontro presencial, no último dia 08 de novembro, 15 projetos inovadores foram apresentados, desde uma luva com sensores para controlar equipamentos, passando por  passando por sistemas mais inteligentes para alimentação de bovinos e irrigação de plantações, Até sistemas e aplicativos que facilitam a vida das pessoas e das empresas nas mais diversas áreas do mercado. Todos eles passaram por uma oficina que demonstrou na prática o uso da metodologia Business Model Canvas, que facilita o caminho de quem quer transformar uma ideia em um negócio.

Na noite do dia 30, 12 projetos que persistiram no programa, foram colocados à prova de três juris: o técnico, o empresarial e o popular.

O Juri Técnico foi composto por empreendedores, investidores e profissionais especialistas que utilizaram os seguintes critérios na sua votação:

– Inovação e Tecnologia;

– Potencial de Crescimento e lucratividade;

 Representando o corpo de jurados técnicos, convidamos o empresário Luciano Kelbouskas,  diretor dos Polos de Alegrete e Rosário do Sul da UNOPAR e o técnico Márcio da Silva representando o SEBRAE para entregar o cheque de 700 reais e o troféu aos membros da equipe do projeto mais votado na categoria Juri Técnico:

—  Sistema autônomo para alimentação de animais, equipe composto  Willian Gerstberger e Eduarda Schein. A premiação em dinheiro só foi possível através do patrociínadores

Agenda Remates, Esco GD Energia, Martini Papelaria e Brinquedos, Sindicato Rural de Alegrete, Ritt Empreendimentos, Endime, Pampelaria, Fonther Negócios Imobiliários, Mecânica Rondon, Saúde Brasil, Subway, Sicredi, FisioFit Fisioterapia e Pilates e Aprovação Pré-Vestibular.

O Juri Empresarial composto pelos patrocinadores contribuíram para formar a premiação em dinheiro deste evento, aos quais foi feita a seguinte pergunta: Em qual projeto você investiria?

Representando o corpo de jurados empresariais, convidamos o empresário Deonir Martini, proprietário da Martini Papelaria e Brinquedos e Presidente do Centro Empresarial de Alegrete e o empresário Danilo Nunes Schimtz, proprietário da mecânica Rondon e presidente da Associação do mecânicos, metalúrgicos e eletricistas de Alegrete, para entregar o cheque de 600 reais e o troféu aos membros da equipe do projeto mais votado na categoria Juri Empresarial: Compara Tudo, equipe composta por Luiz Felipe Bairros, Juliano Macedo e João Otávio Chervinski.

O Juri Popular foi composto por todas as pessoas que estiveram presentes ao polo da UNOPAR na noite de ontem e assistiram às apresentações dos projetos participantes, aos quais também foi feita a seguinte pergunta: Em qual projeto você investiria?

 Representando todos que votaram, apresentaram projetos, trabalharam na organização e contribuíram de maneira cooperativa para este momento, convidamos o senhor Leandro Gindri de Lima, Diretor Executivo da cooperativa de crédito SICREDI PAMPA GAÚCHO, e representando todos os cidadãos de Alegrete a Prefeita Cleni Paz da Silva, para entregar o cheque de 500 reais e o troféu aos membros da equipe do projeto mais votado na categoria Juri Popular: Luva para realidade virtual, equipe composta por Felipe Antunes Quirino e Marcelo Romanssini.

Mas o show da noite ficou por conta do empresário   Drebes que aos 83 ainda na ativa  mostrou sua trajetória de sucesso nos negócios.

Ele mexeu com público de uma forma marcantes e até rosas atirou a plateia.

 

 





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *