Em tarde de homenagens, amigos e familiares se despedem de Lorenzo




Menino de 7 anos que virou o símbolo do Santa Maria Soldiers foi velado em Santiago

Centenas de amigos e familiares se despediram de Lorenzo de Vargas Martinetto, 7 anos, na tarde de segunda-feira, em Santiago. O menino, que ficou conhecido pela bela história de amizade com o Santa Maria Soldiers, lutava contra um câncer há dois anos. Na noite de domingo, ele não resistiu e morreu no Hospital de Caridade de Santa Maria.

Lorenzo ao lado dos seus pais, Cristiane e Sandro, no apartamento da famíliaFoto: Maiara Bersch / Agencia RBS

–Ele é um ensinamento. Nos ensinou muito mais do que ajudamos a ele. O Lorenzo entrou na nossa vida e transformou tudo  – disse o presidente do Soldiers, Diogo Hartz.

O velório de Lorenzo, realizado na Capela Andres, foi repleto de homenagens e emoção. Atletas do Soldiers estenderam uma bandeira da equipe sobre o caixão, junto a um capacete do time.

 

Na despedida, pouco antes do sepultamento, os jogadores abraçaram o pai de Lorenzo, Sandro Martinetto, e entoaram o tradicional grito do grupo, o qual Lorenzo tanto gostava: “Uh, Uh, Uh, Soldiers, Soldiers. Lorenzo, Soldiers, Soldiers, Soldiers”. O sepultamento ocorreu na tarde de segunda-feira, no Cemitério Municipal de Santiago.

Fonte: Diário de Santa Maria




Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *