Estado antecipa vacinas contra gripe A

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul confirmou os dois primeiros casos de gripe H1N1 em 2016. Os pacientes que estão internados e recebem tratamento, moram em Porto Alegre e Viamão na Região Metropolitana.

vacina

Com os registros, a pasta estuda antecipar em uma semana a campanha de vacinação contra a gripe.

A antecipação vai depender da entrega dos primeiros lotes das doses por parte do Ministério da Saúde. A expectativa é que cerca de 40% das vacinas sejam entregues até o dia 15 de abril. A abertura da campanha vacinação contra a gripe está marcada para o dia 30 de abril.

O secretário estadual de saúde disse que os casos registrados de H1N1, também chamada de gripe A, no estado preocupa. “Os pacientes estão internados, ainda inspirando necessidades de atenção médica. Não são casos simples”, disse João Gabbardo em entrevista à Rádio Gaúcha. Segundo ele, cerca de 80 suspeitas da doença são investigados no Rio Grande do Sul.

Vacinação de idosos

De acordo com Gabbardo, não é possível antecipar a elaboração das vacinas contra a gripe, devido à característica de mutação dos vírus a cada estação. “A fabricação da vacina não pode ser iniciada antes do que tem sido feito. Tem que ver os vírus que circularam no inverno do Hemisfério Norte para colocar na vacina, porque o que acontece la é o que vai se reproduzir aqui. Então, não tem como antecipar”, afirma.

A campanha de vacinação busca imunizar 3,5 milhões de pessoas dentro dos grupos prioritários. Serão priorizados crianças entre seis meses e cinco anos, gestantes, idosos, trabalhadores da saúde, indígenas, presos e pessoas com doenças crônicas respiratórias, do coração e com baixa imunidade.

Vacinação

Luciano Pereira,Delegado Regional da Saúde da 10ª CRS, confirma que as doses que vem para Alegrete e região vão ser antecipadas, provavelmente vão estar na cidade, provavelmente, até a segunda quinzena de abril. Ele não sabe informar ainda quanta doses vem para o Município.

As vacinas vem via 10ª CRS e são repassadas às secretarias de saúde dos municípios que integram a Coordenadoria.

Em Alegrete, o setor de imunização da Secretaria Municipal Saúde planeja e realiza a aplicação das vacinas que, normalmente iniciam com os idosos e grupos de riscos.





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *