Finalmente uma ação para atrair os hermanos

A Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer, junto com a de Desenvolvimento Econômico, Inovação, Ciência e Tecnologia vão abrir,na semana que vem, uma casa junto ao Posto da PRF, na BR 290, como o Centro de Atendimento ao Turismo. Com a pintura e placas com identificações em espanhol, o local quer atrair os hermanos argentinos que passam pela 290 rumo ao litoral, para que entrem e consumam na cidade.

casa-do-turista

Para isso serão repassadas informações da rede hoteleira da cidade e os restaurantes O Centro Empresarial e os locais de refeições serão parceiros, na tarefa de atrair os veranistas do Prata que passam na rodovia rumo ao litoral.

Também serão colocados placas de informações próximas à cidade para chamar a atenção dos argentinos sobre os serviços de Alegrete.

A Secretaria de Turismo vai disponibilizar dois funcionários para atendimento aos turistas e distribuição de folders sobre a cidade.  Uma professora de espanhol voluntária vai participar do trabalho. Bancos, mesa, cadeiras e pintura adequada do Centro vão contribuir para tornar o local atraente aos olhos de quem passa rumo às praias.

casa-do-turista-jpg-2

Esta iniciativa da Prefeitura de Alegrete tem o apoio do Chefe da PRF em Uruguaiana, Roberto Bertão que disponibilizou o local, banheiro, energia e água.

O secretário de Desenvolvimento, Jesse Trindade e seu colega Gabriel Feijó, do Turismo, que fizeram mestrado na Argentina, sabem da importância de mostrar o que Alegrete disponibiliza em hospedagem e restaurantes a este público que começa a passar em grande fluxo pela rodovia, no sentido de que façam uma parada na cidade.

Próximo ao retorno deles das praias para os seu país de origem a casa será deslocada para o Posto Pilecco, para prestar as mesmas informações.

Fotos: Jesse Trindade





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

1 Comentário

  • Wilson Santos

    A ideia, de disponibilizar informação aos que passam em Alegrete, não é ruim, mas poderia ser um “Trailer” – (para economizar poderia ser cedido por particular). A volante (foto) passa uma imagem de “despojamento” muito acentuado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *