Governo do RS adia venda de ações do Banrisul devido a condições de mercado




Na semana passada, o presidente Michel Temer havia assinado o decreto permitindo a negociação. Decisão final depende de novas avaliações.

Alegando “condições desfavoráveis de mercado”, o governo do Rio Grande do Sul informou nesta quarta-feira (6), em comunicado, que vai adiar a venda de ações do Banrisul. Ainda segundo o Piratini, a decisão final sobre a oferta dependerá de novas avaliações técnicas que estão sendo feitas. A decisão será informada por Fato Relevante, publicado pelo Banrisul.

venda de 49% das ações ordinárias, com direito a voto, foi anunciada pelo governador José Ivo Sartori em outubro. Já em novembro, o Banco Central autorizou a negociação, que recebeu a previsão de acontecer em dezembro, segundo políticos do governo gaúcho. No último dia 29 de novembro, o presidente Michel Temer assinou o decreto que permitiu a venda.

A justificativa para a venda foi dar maior autonomia e relevância para o banco e arrecadar recursos que possam auxiliar o estado a enfrentar a crise financeira. O valor esperado para a negociação, no entanto, não foi informada.

A discussão sobre a venda das ações acontece juntamente com as tratativas para a adesão do estado no Regime de Recuperação Fiscal, que prevê uma série de medidas de reajuste econômico. Se aprovado, o governo poderá ficar até três anos sem pagar as parcelas da dívida com a União, além de ter acesso a um novo financiamento.

Fonte: G1





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *