Guarda Municipal está multando motoristas que falam ao celular e não usam cinto


Além do elevado número de acidentes, em Alegrete, no ano de 2017, com 315 ocorrências atendidas entre a Guarda Municipal e a Brigada Militar, uma outra irregularidade não passa desapercebido dos guardas municipais.

A obrigatoriedade em usar o cinto de segurança e a proibição do motorista falar ao celular enquanto dirige, tem sido flagrada pelos guardas de trânsito, com mais frequência.

No caso do cinto, lembram que mesmo no banco traseiro é fundamental, porque evita em caso de acidentes, que a pessoa seja ejetada para fora do veículo.

Normalmente eles não abordam, só olham e anotam a placa e depois a infração chega em casa.

O Secretário de Segurança e Cidadania, Luciano Pereira lembra que isto está no Código de Trânsito Brasileiro, pois estabelece prejuízo ao condutor e usuários da via, tendo em vista que falar ao celular e dirigir aumenta o risco de causar acidente. Já em relação ao não uso do cinto, ele observa que sem o uso deste equipamento obrigatório, em caso de acidente o dano pode ser bem maior.

Não usar o cinto, de acordo com Código Nacional de Trânsito é infração grave com 5 pontos na carteira e multa de 127,64. Já falar ao celular é infração gravíssima com 7 pontos na carteira e multa de 191,54.

 

 

 


Curta nossa Fan Page


Comentar com Facebook

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *