Homem é preso em Gravataí após disparar contra policiais durante operação contra tráfico de drogas

Além dele, outros quatro homens foram presos nesta quinta-feira (10). De acordo com o delegado, após a prisão de Juliano Biron da Silva, em janeiro de 2016, eles se tornaram os principais criminosos da quadrilha investigada.

m homem foi preso na manhã desta quinta-feira (10) após disparar contra policiais durante buscas a casa dele, em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Ninguém ficou ferido. O caso ocorreu em meio a uma operação de combate à lavagem de dinheiro relacionada ao tráfico de drogas, realizada pelo Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc).

Conforme o delegado da Divisão de Inteligência Policial e Análise Criminal, Marcio Zachello, ele era investigado por integrar uma quadrilha suspeita de lavar dinheiro em uma lanchonete, e que foi desarticulada no final de julho. A Promotoria de Combate aos Crimes de Lavagem de Dinheiro e Organização Criminosa, do Ministério Público, acompanha as investigações.

Homem foi preso com drogas, armas e munições em Gravataí (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Homem foi preso com drogas, armas e munições em Gravataí (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Na casa dele foram encontrados um revólver calibre 38, tabletes de maconha – ainda não contabilizados – e munições. O homem foi preso por tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo e tentativa de homicídio contra policiais.

Além dele, outros quatro homens foram presos nesta quinta-feira (10). Um deles em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, por portar uma espingarda. A prisão também ocorreu em Gravataí.

Outros três foram presos preventivamente em Canoas, Gravataí e Cachoeirinha, na Região Metropolitana de Porto Alegre. De acordo com o delegado, após a prisão de Juliano Biron da Silva, em janeiro de 2016, eles se tornaram os principais criminosos da quadrilha investigada. Eles foram presos por lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Também foi expedido mandado de prisão preventiva para Biron por esses dois crimes. Ele responde por homicídio pela morte do fotógrafo José Gustavo Bertuol Gargioni, de 23 anos. Em 28 de julho, Biron foi transferido para o Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, junto com outros 26 presos.

Ao todo, são cumpridos nesta quinta-feira seis mandados de prisão preventiva e nove de busca e apreensão.

Esquema desarticulado no fim de julho

Em 28 de julho, a polícia desarticulou um esquema e lavagem de dinheiro em uma rede de lanchonetes para uma facção criminosa com base na Região Metropolitana de Porto Alegre. Participaram mais de 300 policiais, em 100 viaturas.

Foram cumpridos 45 mandados de busca e apreensão, quatro mandados de prisões temporárias, e 33 mandados de condução coercitiva (quando a pessoa é levada para a delegacia para prestar depoimento). Os policiais apreenderam dinheiro e armas.

Também foram cumpridos o sequestro de 20 veículos avaliados em R$ 1,3 milhão, um barco, 16 imóveis avaliados em R$ 2,7 milhões, entre eles um apartamento em Balneário Camboriú, Santa Catarina, avaliado em R$ 800 mil. Além disso, houve sequestro de 88 contas bancárias de 38 investigados.

Ao todo, foram apreendidos cerca de R$ 187,6 mil e oito armas, entre fuzis, revólveres e pistolas. Também foram localizados dois silenciadores para armas, toucas ninjas, munição e um bloqueador de sinal de carro.

Armas, munições e dinheiro apreendidos na operação (Foto: Fábio Almeida/RBS TV)

Armas, munições e dinheiro apreendidos na operação (Foto: Fábio Almeida/RBS TV)

A investigação de lavagem de dinheiro começou em fevereiro de 2016, logo após a operação “Mensageiro”, também do Denarc, contra o tráfico de drogas, que fechou uma boate que funcionava na Arena do Grêmio.

Segundo as investigações, pelo menos 10 lanchonetes são ligadas ao líder da quadrilha, Juliano Biron da Silva, de 34 anos, que coordena as finanças da facção.





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *