Homem é preso por suspeita de abuso sexual e cárcere privado da filha em Viamão

Adolescente escreveu uma carta à polícia pedindo socorro e a mãe da menina levou o texto escondido à delegacia. Pai confessou parte dos crimes em depoimento.

Um homem foi preso pela polícia na tarde de quarta-feira (17), em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre, por suspeita de violência doméstica, abuso sexual e cárcere privado da filha de 16 anos, e ameaça à própria mulher.

De acordo com a delegada Jeiselaure de Souza, da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) de Viamão, o homem tem 50 anos e foi denunciado por meio de uma carta escrita pela adolescente.

“A mãe da vítima, que levou a carta escondida do companheiro à DEAM, também era vítima de violência doméstica e ameaças, pois o homem dizia que mataria a todos se procurassem a polícia”, conta a delegada.

Segundo ela, a adolescente escreveu que estava sendo abusada há mais de três anos pelo pai, e que ele a não deixava sair de casa há quase um ano. O suspeito foi interrogado e confessou, em parte, que cometia os crimes.

“Ele reconheceu que agredia, que ameaçava, que mantinha a menina há um ano trancada, tanto que tirou ela da escola. Mas com relação aos abusos ele até reconhece que dormia abraçado com ela, na mesma cama, mas que não se lembra de ter cometido mais abusos com ela”, relata Jeiselaure.

O investigado foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Viamão e aguarda uma vaga no sistema prisional. A jovem a a mãe dela foram acolhidas pela rede de proteção a mulheres do município.

Esta é a nona prisão, em 2017, de investigados por estupro de vulnerável no município de Viamão.





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *