Lacen inicia diagnóstico de meningite por Biologia Molecular no RS

O Laboratório Central do Estado (IPB-Lacen), da Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde (FEPPS), está apto a executar diagnóstico de Meningite por Biologia Molecular. O certificado foi alcançado após a execução da última etapa exigida pelo Ministério da Saúde. A capacitação realizada entre os dias 4 e 8 de maio foi ministrada pela assessora científica Maria Gisele Gonçalves , do Instituto Adolfo Lutz (IAL-SP), laboratório de referência nacional. Foram capacitadas as profissionais Daniele de Castro Menezes e Loeci Natalina Timm, recebendo certificação para execução da técnica.

IPB Lacen Meningite

De acordo com o diretor do FEPPS/IPB-Lacen, Fernando Kapkke, com a implantação da técnica de PCR-Meningite, a instituição está apta a oferecer para a população gaúcha mais um exame que agregará qualidade e agilidade no diagnóstico deste importante agravo de notificação compulsória em Saúde Pública. “Cumpre registrar que ainda se observa diversos casos de meningite em que não são enviadas amostras ao FEPPS/IPB-Lacen. Neste sentido, é importante divulgar a todos os serviços de saúde sobre este diferencial, de fundamental importância na melhoria dos indicadores de saúde”, alertou.

Atualmente, o IPB-Lacen, através da Seção de Bacteriologia, processa uma média superior a 1000 exames por ano relacionados às meningites bacterianas, disponibilizando diversas metodologias (cultura, sorologia e biologia molecular), referenciadas pelo Ministério da Saúde. O IPB-Lacen também produz e disponibiliza um kit para coleta de líquor, visando a captação de amostras para o diagnóstico laboratorial, de acordo com os parâmetros técnicos recomendados. Neste ano foram confirmados três casos de morte por meningite bacteriana tipo B, a mais severa, aumentando o alerta sobre a doença.



Curta nossa Fan Page



Comentar com Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *