Mais uma investida maldosa, desta vez acabou com a vida de Sheik




Mais uma crueldade terminou com a morte do Sheik. O cão foi alvo de atos de maldade em outras duas vezes, por indivíduos que colocaram fogo na casinha dele e tentaram matá-lo com facadas. Desta vez foi envenenado, na última sexta-feira, e não resistiu.

Conforme a proprietária, Lucia Neto, na tarde da última sexta ele começou a vomitar muito e a comida era muito diferente da que ele recebia diariamente. Durante o final de semana o cão ficou prostrado. Como houve uma piora na terça, foi chamado um médico veterinário para avaliá-lo.

Levado a clínica, Sheik passou por uma avaliação inicial, tomou banho e  ficaria no soro em razão de estar  muito debilitado.o veterinário  que o atendeu disse que depois do banho, antes de colocar o soro, ele deu um grito e morreu. Os sintomas foram todos de envenenamento.

Conforme Lúcia, o cão que era de rua já estava com ela há mais de sete anos e nunca atacou ou feriu alguém. “Era um ótimo amigo, um excelente cão de guarda. Mesmo diante de todas as crueldades que fizeram com ele , nunca saiu daqui” – fala emocionada pela perda do animal de estimação.

O último  ataque à casa de Skeik aconteceu no início de dezembro do ano passado. Vândalos colocaram fogo e por muito pouco não atingiu a casa. Depois do episódio, vizinhos se mobilizaram e auxiliaram para que fosse construída uma casinha de tijolos e assim dar um novo lar ao cão que era conhecido e amigo de todos os vizinhos, também.

À época a família que adotou Sheik, falou do receio de que pudessem fazer novas investidas contra o animal. ” Fica sempre o medo que possam fazer alguma maldade com ele. Não entendo como as pessoas podem pensar em machucar os animais que estão bem cuidados” – comentou Lúcia.

 





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

1 Comentário

  • Enio Santos de Oliveira.

    Isso deve ser investigado e o responsável por esse crime contra os animais processado pela sequencia das agressões é possível encontrar o criminoso, que isso seja feito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *