O PAT conferiu: projeto de ciclofaixa na Eurípedes divide opiniões na comunidade

A ciclofaixa projetada pela Prefeitura, gerou uma série de reclamações. Uns contras, outros a favor da construção da primeira ciclofaixa de uso compartilhado por pedestres e ciclistas.

DSCN2009

A nova infraestrutura será construída com recursos oriundos do repasse do estacionamento rotativo, implementado há pouco mais de 2 anos na região central da cidade.

DSCN2012

O problema ganhou discussões acaloradas nas redes sociais, reuniões no Executivo com apoio do Poder Legislativo.

DSCN2006

DSCN2007

Comerciantes, empresários e parte de moradores são contra o projeto. Com alegação de que terão prejuízo sem estacionamento na avenida. Muitos defendem a ciclofaixa mas não ali. “Coloquem no canteiro central, mas não na frente do meu estabelecimento”, protesta um comerciante.

DSCN2001

Já um empresário do ramo automotivo, argumenta que a retirada do estacionamento vai acarretar prejuízo em seus negócios.

DSCN2021

Uma reunião com o prefeito Erasmo Guterres, reuniu vereadores e comerciantes que são contra pela maneira como o projeto foi apresentado.

DSCN2003

A via recebe um grande fluxo de ciclistas diariamente. Pedestres dividem o espaço com carros estacionados, pois muitos locais não existe calçadas.

DSCN1998

Está circulando dois abaixo-assinados, um contrário a ciclofaixa e outro em favor a implantação.

A reportagem do Portal Alegrete Tudo esteve na avenida e constatou que em muitas quadras a média é de quatro veículos estacionados. Em bares e lojas pouco movimento de carro estacionando para compras. O movimento de pedestres é mais intenso e o fluxo de ciclistas se mistura ao trânsito perigoso da avenida.

DSCN1988

Há locais estreitos, mas em sua totalidade existe o espaço para a ciclofaixa. Várias ruas paralelas podem receber os carros que teriam o estacionamento extinto na Eurípedes.

DSCN1989

Segundo a ONG Transporte Ativo, responsável pela contagem de ciclistas em vários pontos da cidade, a iniciativa da Prefeitura de Alegrete está totalmente alinhada com a Política Nacional de Mobilidade Urbana (lei nº 12.587/12), que estabelece a correta priorização nas políticas públicas aos modos ativos de deslocamento.

DSCN2004

Mais do que uma ciclofaixa de uso compartilhado, a cidade está construindo infraestrutura para pessoas.

DSCN2010

De acordo com Gabriela Binatti, a ciclofaixa é um importante avanço para a cidade que está trabalhando para garantir uma infraestrutura mínima de deslocamento para as pessoas.

DSCN2011

DSCN2008

Ela cita entre os principais benefícios do projeto em questão, a garantia de circulação  para quem se desloca a pé ou em bicicleta; maior equidade no uso do espaço público; reconhecimento do uso de bicicleta na cidade, pois somente na ponte Borges de Medeiros foram contabilizados mais de 1600 ciclistas em 12 horas em maio de 2015; preferência ao deslocamento das pessoas garantindo um melhor acesso aos bens e serviços que a cidade tem a oferecer; maior diversidade na oferta de infraestrutura viária básica, promovendo inclusão social e melhorando auto estima de quem usa a bicicleta e a sola do pé como meio de transporte.

DSCN2017

Já os que não aprovam o projeto argumentam que a retirada do estacionamento é inviável e a ciclofaixa vai ser perigosa para pedestres, ciclistas e todos que vivem na Eurípedes.

DSCN2013

Na última quinta-feira (14), foi aprovado na Câmara por unanimidade, uma proposta do vereador Celeni Viana, que pede suspensão da licitação da ciclofaixa. Na proposta, ele explica que o caminho escolhido, decorre do fato que em várias quadras não tem calçadas outras com tamanho mínimo.

DSCN2005

“Vai expor a vida das pessoas e dos ciclistas, além do prejuízo aos comerciantes, impedimento de estacionamento e ainda a falta de espaço em curvas e acesso a outras ruas”, comentou Viana.

DSCN1996

Na sessão, o vereador ainda recebeu o aval de recorrer ao MP, pois a lei orgânica indica que tem que ter discussão pública para mudanças como essa e precisa ter outros detalhes técnicos, os quais o vereador solicitou cópias ao Executivo.

Celeni Viana tem como objetivo de embasar outras ações. Segundo ele os moradores em sua maioria não concordam com a obra

Nesta sexta-feira (15), uma reunião vai mobilizar, moradores. comerciantes e empresários que se manifestaram contrário a implantação da ciclofaixa na avenida, para um debate contra o projeto.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *