Passagem do Irma pela Flórida deixa pelo menos três mortos




Mais de 800 mil casas estão sem energia

Passagem do Irma pela Flórida deixa pelo menos três mortos | Foto: Joe Raedle / Getty Images North America / AFP / CP

O furacão Irma causou a morte de pelo menos três pessoas na Flórida, estado que recebeu nesta madrugada o impacto do olho furacão em suas ilhotas no extremo sul dos Estados Unidos, informaram meios de comunicação locais.

Um homem morreu no sábado  quando a caminhonete que conduzia sofreu um acidente no condado de Monroe, onde se encontram as ilhotas, após perder o controle do veículo devido a um golpe de vento. Segundo a emissora de televisão ABC, outras duas pessoas morreram em um acidente no condado de Hardee, no interior da Flórida, devido às fortes chuvas.

Além disso, deixou sem fornecimento elétrico mais de 800 mil casas e escritórios no estado, informaram as autoridades. O condado mais afetado é Monroe, onde ficam as ilhotas e uma parte da costa do sudoeste, onde 76% dos lares não contam com fornecimento, no momento em que o Irma ainda impacta essa parte do estado com seus ventos máximos constantes de 215 km/h. Outro dos condados afetados é Miami-Dade, o mais povoado da Flórida, com quase meio milhão de imóveis a escuras, 42% do total.

Broward, onde se encontra Fort Lauderdale, e Madison, ao norte do estado, são outros dos condados mais atingidos pelos cortes de eletricidade.

Após deixar Cuba no sábado, o olho do furacão Irma, de categoria 4, alcançou hoje as ilhotas da Flórida com ventos que rondam 215 quilômetros por hora, segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos EUA.

Irma, que deixou pelo menos 25 mortos e consideráveis danos materiais no Caribe, se encontra a 30 quilômetros ao leste-nordeste de Key West e se desloca a uma velocidade de 13 quilômetros por hora.

 

Fonte: Correio do Povo





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *