Preso um dos procurados por participação em morte de jovens que cavaram própria cova em Gravataí




Policiais prenderam Heverton de Brito durante ronda na cidade na madrugada de domingo (10). No momento da abordagem, um homem conseguiu fugir. Um adolescente foi apreendido.

Policiais militares que faziam ronda na madrugada de domingo (10) em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre, prenderam um homem e apreenderam um adolescente após identificarem movimentação suspeita. Houve troca de tiros, e um outro homem conseguiu fugir com armas, conforme a Delegacia de Homicídios. Na averiguação, foi confirmado que o preso é Heverton de Brito, procurado por participação na morte de dois jovens que cavaram a própria cova no bairro Xará.

O delegado Felipe Borba, que investiga o caso, confirma a prisão do foragido, mas ainda não dá maiores detalhes.

Os corpos das vítimas foram encontrados na tarde do dia 28 de agosto. Os dois jovens foram identificados um dia depois. Vitor Matheus da Rosa, de 22 anos, e Vagner da Rosa, de 17, eram primos e não tinham antecedentes criminais, conforme a polícia.

O crime chamou atenção pela crueldade. Uma gravação mostra uma das vítimas cavando a cova onde seria enterrada, e na outra, os suspeitos aparecem atirando nas vítimas já deitadas no buraco e, depois, ateando fogo aos corpos.

A polícia analisou as imagens e, poucos depois, pediu a prisão preventiva de Moisés Uilian da Silva Silveira e Heverton de Brito – preso neste domingo.

Conforme o escrivão Geraldo Soares, o preso e o menor apreendido estão na delegacia, onde há mais de 20 presos provisórios, muitos deles em viaturas policiais, aguardando vagas em presídios.

Para não atrapalhar a investigação, o escrivão preferiu não comentar o que o preso e o apreendido falaram sobre o crime.

Os policiais esperam que um responsável pelo adolescente apreendido compareça ao local. O Conselho Tutelar já foi até a delegacia. Esse jovem não era procurado pela polícia pelo crime, conforme o escrivão.

Fonte: G1




Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *