Renato Aragão revela que recusou remake de “Os Trapalhões”




Renato Aragão está envolvido no remake de “Os Trapalhões”, da Globo, mas confessou que não topou o projeto de cara. O ator precisou ser convencido sobre o projeto, já que achava difícil substituir de qualquer maneira os integrantes do grupo que já não estão mais vivos.

“Ricardo Waddington [diretor] me ligou e disse: ‘Renato, a gente quer repescar ‘Os Trapalhões’, que foi sucesso na TV e continua sendo na internet’. Ele queria fazer ‘Os Trapalhões New Generation’”.

E revelou: “Eu disse que o grupo era insubstituível. Não daria. Mas ele explicou que Dedé e eu estaríamos ao lado de quatro novos Trapalhões. Não era para serem substitutos, mas imitadores. Ele foi falando e acreditei. Depois, entregou o projeto para nós criarmos”.

No programa, os novos integrantes terão a responsabilidade de prestar uma homenagem a Mussum e Zacarias. “A rejeição poderia ser forte se fosse um novo Mussum ou Zacarias. Como vai substituir o Mussum? Mussum é Mussum!”, avaliou o veterano.

“Seremos um sexteto, para não ter problemas com os fãs. Didi, Dedé, Didico, Dedeco, Mussa e Zaca. Nego do Borel vai fazer o Tião Macalé. Será uma homenagem para comemorar os 40 anos do programa na Globo.”

Um dos desafios do grupo será adaptar as piadas, que antes eram nada ‘politicamente corretas’. “Temos que respeitar. Para a gente, também não interessa fazer humor político, nem fazer graça em cima das pessoas, falar de negro, pobre, gordo, magro”, adiantou o intérprete de Didi.

Fonte: MSN Entretenimento





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *