Roze Sanchotene: a sacoleira que virou empresária e encontrou o sucesso em Alegrete




Rozeni Frescura Sanchotene nasceu na cidade paranaense de Pérolas do Oeste. Com um ano foi levada para o interior de São Francisco de Assis.

Quando completou 8 anos, seu pai se suicidou. A história de determinação da paranaense que chegou em Alegrete em agosto de 2016, impressiona pela força da mulher que sonhava em crescer na vida com uma vontade e fé, em não desistir diante dos revéses da vida.

Com 9 anos, já trabalhava como babá. Fazia serviços domésticos, de onde tirava o seu sustento e da família. Ajudava a mãe, viúva com sete filhos. A infância e adolescência de Rozeni foram substituídas por uma vida de muita labuta.

“Tomei uma decisão de trabalhar muito, com um objetivo forte em ser alguém na vida”, relembra Roze.

O casamento com Sandro, levou a iniciar uma nova vida. Desta vez, no interior de Manoel Viana, cidade natal do marido. Lá, novamente ralou. Trabalhou numa plantação de fumo em paralelo com serviços de leitaria. Foram os quatro piores anos de sua vida, conta. Foi frustrante o serviço, nada dava certo e o casal abandonou as terras e arrumou as malas rumo a Serra Gaúcha.

Em Gramado, Roze idealizou uma nova etapa. Mas, dessa vez, o marido Sandro não se adaptou e novamente voltaram para a Fronteira. Destino: Alegrete

Era agosto do ano de 2006, quando o casal chegou aqui. Mais uma vez, Roze voltou a sonhar. No início diz que não foi fácil. Trabalhou de comerciária, e nas horas vagas de sacoleira, vendendo roupas para complementar a renda. Em 2011, mais uma reviravolta na vida. Sandro obrigou Roze a sair do emprego e assumir o próprio negócio. Apostava no potencial da mulher que se empenhava cada vez mais.

A rescisão deu fôlego para iniciar o negócio. Uma loja de confecções e o nascimento do filho em junho de 2012. “Murillo, o maior presente que Deus me deu”, frisa a orgulhosa mãe.

Entre o atendimento na loja, foi revendedora de cosméticos. Em agosto de 2016, foi desafiada novamente. Uma oportunidade tentadora colocou Roze contra parede. No primeiro contato rejeitou. Após a demonstração de uma oportunidade para representar a marca Hinode, aceitou o negócio compartilhado com o esposo.

Sandro largou a representação comercial de uma empresa de erva mate, onde atuou por 11 anos e se dedicou ao lado da mulher na nova oportunidade.

Em 11 meses, Roze e Sandro cumpriram os propósitos da empresa brasileira de marketing de rede. Se tornaram o primeiro casal diamante da rede Hinode em Alegrete. São 7 patamares mais, e Roze diz que vai atrás de todos.

“Se comprometeu em fazer, não precisa ter pressa em chegar, e sim alcançar”, ensina Roze.

Ela aceitou o negócio que funciona no sistema de marketing multinível. Explicou a oportunidade para cinco pessoas potenciais. Estas conseguiram passar o plano para mais de 200. A cada consumo dessas pessoas, Roze ganha.

Vai em busca do diamante elite. Depois de apresentar 354 oportunidades, cativou 238, que estão atuando na sua rede de marketing.

“Com tudo isto acontecendo no nosso Brasil, tomamos a decisão em fazer mais essa aposta. Nunca iríamos conseguir ou levar o dobro. Esta oportunidade foi um presente por tudo aquilo que passamos lá atrás”, revela sorridente.

Roze finalmente sonha e realiza tudo aquilo que projetou para sua vida. “Basta você acreditar em si. Trabalhar com um propósito muito forte e tu chega lá”, assevera.

Em março de 2018, Roze, Sandro e o filho Murillo, partem para um cruzeiro pela costa brasileira, tudo pago pela Hinode.

“Ralei muito de babá, fui doméstica, vendedora em loja, sacoleira. Pagamos um preço alto, várias frustrações, agora vou em busca de todas as oportunidades que esse negócio dispõe”, assegura a paranaense que se diz alegretense de coração.

Entre viagens, palestras e seminários pela Hinode, Roze diz que vai oportunizar para muitos alegretenses o propósito de mudar de vida. “Se eu consegui chegar até aqui. Qualquer um consegue. Comprometimento e muita vontade de vencer na vida”, detalha, olhando atenta para o quadro que contém os próximos objetivos de Rozeni.

Junto com o esposo Sandro, a empresária Roze atende a loja, organiza reuniões, promove palestras motivacionais e de trabalho. Além de se dedicar 24h por dia, na sua rede. Afinal, o diamante elite é questão de tempo, para quem rala desde os oito anos.

Por: Júlio Cesar Santos                              Fotos: acervo pessoal





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

2 comentários

  • Eliziane de Fátima Aires Dal Rosso

    Tenho orgulho de fazer parte desta equipe e tb da empresa Hinode que venho para mudar muitas vidas.Parabéns Sandro e Roze pela conquista é por muitas que virão

  • carla martins

    Parabéns felicidades que deus abençoe sempre essa família.parabéns mais uma vez e o que vc esta acolhendo hoje e fruto de uma vida sua de muita dedicação garra e luta fe e que jamais desistiu dos seus objetivos .vc merece tudo isso e muito mais um grande abraço Rose e Sandro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *