Santa Casa faz 145 anos e recebe homenagem na Câmara




O único hospital público de Alegrete, a Santa Casa de Caridade completa 145 anos de atividades no próximo dia 15 de agosto.

Na sessão dia dia 7, a Câmara de Vereadores prestou uma homenagem especial à Santa Casa, com presença da direção, servidores, médicos , secretário da saúde e comunidade.

Numa proposição da vereadora Maria do Horto que destacou que não se pode  imaginar nem Alegrete e a região sem este hospital.

Um vídeo institucional contou um pouco da trajetória do hospital. Todos enalteceram a importância e o valor da Santa Casa para Alegrete e região. O trabalho 24h, onde nasce a vida, salva e traz esperança e cuida da saúde em toda a plenitude.

O hospital passou por uma grave crise financeira de 2014 a 2016, com atrasos de repasses de verbas. Em parte do período, os servidores chegaram a ficar 62 dias sem receber os salários. Também houve diminuição de serviços como cirurgias eletivas. E a UTI Neonatal passou por dias difíceis.

No final de 2016, a Santa Casa começou a respirar melhorar com a retomada de todos os serviços e com salários em dia.

É uma estrutura com 186 leitos, centro de imagens, UTI Neo é hoje um dos melhores hospitais da região, entre os da 10ª Coordenadoria Regional de Saúde, de acordo com o presidente do Conselho de Saúde, Sérgio Soares.

De acordo com os últimos números em um mês foram registrados: 593 internações, 220 cirurgias, 80 cesáreas contra 12 partos normais. Foram realizados 13.962 exames de laboratório servidas 22.680 refeições e lavados 20. 740 quilos de roupas.

 

 

 





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

1 Comentário

  • Rozângela

    Não podemos mesmo viver sem este hospital, só uma pena que os salários do setor administrativo da Santa Casa não seja compatível com a realidade do hospital, tem muita gente ganhando “bons” salários para um hospital de recebe o troco solidário, por isso tem muita gente que se revolta com isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *