Susepe detecta buracos em duas celas e evita mais uma fuga no Presídio




A tentativa de fuga foi frustrada pelos agentes da Susepe, no final da tarde de sábado(11).

38 apenados foram realocados em outras celas, depois de que os agentes da Susepe perceberam buracos no teto das celas 2 e 4.

Conforme a diretora da Casa Prisonal, Lessandra da Luz durante todo o dia os agentes perceberam barulhos estranhos. No lado interno era mais perceptível, mas como era dia de visita, eles aguardaram o término para realizar a vistoria.

Na cela dois estavam 16 detentos e na quatro estavam 22 apenados.  A diretora disse que não identificaram quais objetos foram utilizados. Foi realizada a contagem e nenhum preso conseguiu fugir.

Em outubro uma empresa do Estado de Minas Gerais venceu a licitação de Regime Diferenciado de Contratação (RDC), para erguer a nova casa prisional na cidade de Alegrete. A cadeia pública masculina, com capacidade para 286 vagas, em Alegrete, está orçada em R$ 16 milhões.

O Presídio passa por um momento turbulento. Com capacidade para 81 presos, está superlotado com um massa carcerária de 225 apenados.





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *