Vigilante é agredido com facão por integrantes do “Bonde das Casinhas”

Um jovem, de 25 anos, ficou gravemente ferido depois de uma briga, no final de um evento  num clube no centro da cidade. Ele passou por cirurgia e está internado na santa Casa de Alegrete. O vigilante estava na portaria conversando com alguns amigos (ele já trabalhou para essa empresa de segurança), quando um rapaz começou a provocar os seguranças. Na tentativa de evitar um problema maior ele pediu para que ele se retirasse do local. Neste instante, foi empurrado e em legítima defesa empurrou o indivíduo até o lado de fora do Clube. Quando tentou retornar foi agredido por sete integrantes do bonde das casinhas. Ele levou um “planchaço” de facão na cabeça, o que fez com que perdesse o equilíbrio e caísse no chão. Logo em seguida, foi ferido com cortes no braço direito que atingiram os tendões e o osso. O segurança que estava próximo tentou defendê-lo e também foi agredido por mais sete jovens que jogavam garrafas e acertaram a cabeça e o peito do trabalhador.

Delegacia (1)

“Eram em torno de 14 membros do Bonde entre maiores e menores e, se não fosse a ação rápida do meu funcionário eles teriam matado o vigilante” – relata Victor Trindade de Almeida, responsável pela segurança.

Ainda conforme relato de Victor, o baile já havia encerrado e eles estavam apenas esperando para esvaziar todas as dependências do local.  A Brigada Militar foi acionada e o jovem levado à Santa Casa pelo SAMU.

Um menor de 17 anos foi apreendido e outro rapaz, 21 anos, foi preso. Eles foram encaminhados até à DP, onde foram ouvidos e liberados. O menor diante de um responsável. 

Victor relatou que a equipe era formada por dez seguranças entre homens e mulheres e o incidente aconteceu por volta das 6h30min deste domingo (10). O nome do evento era “Baile da Favela” e foi promovido por uma empresa de fora de Alegrete. Também foram danificados a porta principal e a fachada do Clube.

 





Curta nossa Fan Page





Comentar com Facebook

15 comentários

  • Paulo Pires

    Ouvidos e liberados. Baile da favela. Palavras chave….. Prefiro não comentar.

  • CAROLINE

    Ouvidos e liberados?? Semana que vem eles agridem outro trabalhador. Agora se fosse o contrário o vigilante tivesse agredido ou matado ou desses animais estaria preso. Dizem muito em não fazer justiça com as próprias mãos. Mas se não há justiça algo tem que ser feito. É revoltante.

  • Marcos

    FALTA NA CIDADE O BONDE DO CACETE DO EXEMPLO, ISSO SIM, RIGOR NAS LEIS DO BRASIL QUE ESTA CONTAMINADO POR POLITICOS SEM VERGONHA, CLASSE IMUNDA SUJA DE MAL EXEMPLO, MENSALEIROS, DOLAR NAS CUECAS, ZELOTES, VERGONHA NA CARA DO POVO PARA NÃO ANDAR LAMBENDO POLITICO, TIRANDO FOTINHO COM POLITICOS, SE APRESENTANDO EM SOLENIDADES DE ENTREGAS DE TITULOS ETC EM CAMARAS COM VEREADORES QUE NÃO SE IMPORTAM COM O POVO.

    • Lirian

      Corretissímas suas palavras…o Brasil é o país dos malfeitores…da impunidade…pessoas do bem só se dão mal…é triste dizer isso mas é a mais pura verdade…

  • Vivian

    Detalhe: o responsável pelo menor foi o próprio companheiro que esfaqueou o vigilante.

  • Che, pra esses tal de bondes, a receita é simples, um trançado de 8 e muito , mas muito serviço, pois são uma cambada de vagabundos e desocupados.

  • Everton P R

    Infelizmente esse é o mundo o qual estamos vivendo e vivenciando essas atrocidades, onde criminosos tem facilidade devido essa nossa legislação ultrapassada.
    Até quando vamos ser reféns, pelo simples fato de que os políticos ao invés de atenderen os interesses da sociedade fazem o mesmo que esses marginais fizeram com um homem trabalhador. A diferença e que eles agridem a todos nós trabalhadores que com muita luta encaramos o dia a dia. Somos agredidos com esses impostos absurdos quando será que algum político vai criar vergonha na cara e faZer algo só não venham dizer que há exceções pois se tem políticos bons mas não fazem nada estão colaborando com essa máfia.

  • Fernada

    Concordo com a Caroline… Bater em bandido é crime, agredir ou matar trabalhadores, pessoas honestas, virou banalidade. Impossível aceitar isso.

  • claudia

    isso vai continuar ate guando gente so porque sao menores podem tudo por isso queles se provalecem e fazem o que querem e a face existe pra que eles tambem tem que pagarem pelos seus erros senao sera sempre assim eles no poder e os pais desses menores o que dizem e muito triste o que da acontecendo em nosso alegrete os menores manndam nos opedecemos senao pertemos nossas vidas todos intiguinados com issio

  • Que tal marcos criá no alegrete o bonde do trançado de 8….?

  • rose

    vergonha!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ouvidos e liberados….enquanto isso um trabalhador esta na UTI…com certeza o pessoal do ´´BONDE´´estao rindo e prontos pra mais uma cena dessas…porque o marginal pode tudo…imprensionante como as leis deste pais absolve rapido uns marginais desses…

    • julio brandolt

      isso e uma vergonha nao tem nem o q comentar sobre este tipo de coisa , mais e isso quanso se tem um governo no pais assim , por isso q digo votem sigam votando em gente deste partido q esta no poder e dando risada dos palhaços do brasil sao as leis q estao dando apoio a este tipo de coisa.

  • Janaina Martins

    É impressionante o bonde das casinhas: isto significa que nós é que pagamos moradia para esses vagabundos ficarem tocando o terror em pessoas trabalhadoras!

  • Karla

    É revoltante ver isso! Pena que não há o “justiceiros” porque até eu entraria, estou cansada de ver esses marginais se dando bem e o trabalhador se ferrando!

  • paulo renato rodrigues emiliano

    Praga tem que matar quando é nova por que senão contamina toda a plantação esses serão os futuros marginais que nós vamos sustentar nas cadeias os País e Mães Agradecem ao ECA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *