A enchente em Alegrete pode ficar ainda maior, alerta boletim do MetSul

O MET Sul publicou um boletim de alerta para situação da Região Oeste do RS .

Alegrete poderá enfrentar uma das maiores enchentes de verão dos últimos tempos. O volume de água baseado nos dados do Cemaden e Metsul são históricos pelo período e a intensidade. Até então as enchentes eram reflexos de dias de chuva e pelas águas que desciam da nascente em Santana do Livramento.

Mas, desta vez, a enxurrada se transformou em enchente em menos de 12h, numa crescente assustadora do nível do Ibirapuitã. Em 2015, foi um Natal que ficou marcado na vida de muitos alegretenses. Foram muitas famílias que perderam tudo. Nestes últimos dias apesar da prevenção, com o nível do Ibirapuitã em 13 m acima do normal, nesta manhã (11), também, houve registros de perdas significativas.

A solidariedade é uma grande virtude dos alegretenses que se sobressai nesses momentos. A Defesa Civil, Exército e voluntários estão mais uma vez unidos para assistir os desabrigados.

Com a instabilidade do tempo que vai permanecer até o final de semana e a incidência de chuvas em Alegrete e demais cidades da região, a situação tende a ficar crítica- alerta o instituto.

Com base nos dados dos modelos são projetados mais 150 a 300 mm na região até o final de semana, totalizando de 500 a 700 mm em 7 dias. Choverá, por vezes, nesta sexta-feira e no fim de semana.

A Chuva em Alegrete nas últimas 24h atingiu 430 mm. Em Uruguaiana 390 mm. Modelo WRF-MetSul que é até 48 horas, aponta 240 mm para Uruguaiana.

Com isso a situação vai piorar na região, alerta o boletim do MetSul. Alegrete e Uruguaiana são os casos mais graves e foram os primeiros municípios a decretarem situação de emergência. Estão ocorrendo sérias inundações, extravasamentos de barragens, bloqueio de estradas e uma cheia de grandes proporções do Rio Ibirapuitã. A ponte Borges de Medeiros foi interditada ontem e o tráfego passou a ser direcionado pela BR290.

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*