Abigeatário é preso em flagrante carneando ovelhas e liberado

Após pagar fiança de dois salários mínimos(R$1874,00), o acusado foi ouvido e liberado.

Um homem de 26 anos foi preso em flagrante no final da tarde de sexta-feira, 29. Uma denúncia ao Setor de Investigações da Delegacia de Polícia de Alegrete, levou os investigadores até o abigeatário, que inicialmente alegou que as ovelhas eram presentes do patrão.

A informação, aos policiais, era que um o indivíduo, morador do corredor dos Boiões, na localidade do Caverá, estava carneando os animais de procedência duvidosa, em sua casa.

Os policiais se deslocaram até o endereço indicado e se depararam com o acusado, diante características repassadas, que estava na companhia de um adolescente.

Durante a revista ao local foram encontradas duas ovelhas carneadas no galpão. Com a afirmação de que os animais tinham sido presentes, os investigadores questionaram o nome do doador, ao trabalhador rural.

Na fazenda do proprietário das ovelhas, que fica nas adjacências, a versão foi outra e o proprietário disse ser vítima de roubo. Diante desta acusação, o indivíduo admitiu aos policiais que havia roubado os animais e indicou o local do abate, onde ainda estavam as vísceras, pelego e as cabeças das ovelhas, avaliadas em R$ 1600, 00(ovelhas pura de pedigree)

Encaminhado à DP, o indivíduo foi preso em flagrante e o Delegado plantonista afiançou o crime de abigeato em dois salários mínimos.

2 Comentários

  1. Esse delegado certamente não é produtor rural, nem de família rural.
    2 salários… Quase o valor das duas ovelhas.
    Quantos outros proprietários ele vai lesar? Quantas vezes tem que prender um indivíduo desses para que de fato ele pague alguma coisa?

  2. Nosso Brasil está se tornando uma escola especialisa da na arte de roubar. Pode roubar e ate ser pêgo em flagrante. Paga uns trocados e já tá liberado pra agir novamente. Estas são as leis regidas por nossos políticos.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*