Alegrete realiza encontro de políticas públicas pela causa animal

A causa em defesa dos animais mobiliza pessoas em todo o RS, através de ONGs e entidades que sabem que são seres que dependem de humanos para ter uma vida digna e sem sofrimento.

Em Alegrete, a OPAA com quase 10  anos de atividades nesta luta, conseguiu recursos através de suas promoções para terminar o novo canil municipal. Mais recente, e também engajada nesta causa, a Conexão Animal que tem o mesmo e grandioso objetivo de defender e ajudar animais que sofrem.

E para ampliar as informações sobre projetos e  como alavancar recursos para esta causa , a OPAA trouxe, dia 7, a Alegrete a vereadora de Porto Alegre, Lourdes Sprenger  que há anos trabalha em defesa dos animais.

Alegrete é o 14º Encontro que participa, no RS, e na roda de conversa, falou que além do controle populacional, cuidados com os de rua, que sofrem maus tratos é preciso ir além.

Esclarece que o mercado pet não foi muito afetado com a crise e tem espaço para muitos anos no Brasil, porque atualmente 54% dos lares têm um mascote, cão ou gato. E os impostos pagos por estas empresas vão para o bolo comum e acredita que possam com mudança de lei reverter, parte, em favor de animais.

A vereadora lembrou que no caso de cavalos soltos, muito comuns em Alegrete, a legislação prevê que, no caso de provocarem acidentes na área urbana, o município possa vir a ser responsabilizado. Já sobre o uso deles na tração para puxar carroças, citou o trabalho feito em Porto Alegre, onde com recurso do BNDES fizeram com que os carroceiros fosse encaminhados para projetos sociais .

A presidente da OPAA, Nara Leite, enfatiza que temos que dar um passo à frente e a vereadora Lourdes Sprenger veio trazer mais informações de como fazermos isso. Como no caso de garantirmos mais emendas parlamentares, que mesmo vindo para a saúde, já ajudam, assim como outros projetos.

-Claro que as pessoas tem se conscientizar de que devem cuidar e evitar a procriação, e o pior, largar nas ruas, para outros resgatarem ou ajudarem, porque o Canil está lotado e infelizmente ainda vemos muitos cães de rua abandonados, doentes e que não têm para onde ir”, coloca Nara Leite.

Vera Soares Pedroso

Compartilhar

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*