Altas temperaturas provocam morte de peixes em açude de Santiago, RS

Criador diz que teve prejuízo de R$ 2 mil com morte de 120 carpas.
Engenheiro agrônomo explica que calor atípico por morte dos peixes.

peixes

Um produtor de Santiago, na Região Central do Rio Grande do Sul, teve um prejuízo de cerca de R$ 2 mil depois que todos os peixes de um dos açudes da propriedade morreram. A suspeita é que uma alteração climática tenha afetado a produção.

Nenhuma das cerca de 120 carpas da propriedade sobreviveu. Mais de 300 quilos de carne foram perdidos. O produtor chegou a desconfiar de envenenamento, mas de acordo com o engenheiro agrônomo da Emater Dairton Lewandoeski, as altas temperaturas para a época do ano.

O caso aconteceu há uma semana, quando as temperaturas estavam próximas dos 30ºC. A Emater acredita que a decomposição da matéria orgânica depositada no fundo do açude tenha contribuído para a diminuição do oxigênio da água, causando a morte dos peixes.

De acordo com o agrônomo, as alternativas para evitar a morte dos peixes seria retirar toda a água e limpar o fundo do açude ou renovar e movimentar a água com a ajuda de um motor.

Fonte: G1

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Curta nossa Fan Page

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*