Audiência Pública cobra melhorias no transporte coletivo em Alegrete

As constantes reclamações do transporte coletivo, em Alegrete, levaram o vereador Anilton Oliveira a promover uma audiência pública dia 13 na Câmara de Vereadores. O secretário de segurança e mobilidade urbana, Luciano Pereira se fez presente.

Atraso em horários, extinção de linhas, as condições dos ônibus, ausência de licitação, de fiscalização, descumprimento do TAC feito junto ao Ministério Público se comprometendo em cumprir as exigências, foram abordados na audiência, conforme o Vereador

Ele disse que depois que a audiência foi  marcada, o Executivo enviou o projeto de lei  082- 2019 que trata sobre todas estas demandas.

Lideranças comunitárias e representantes de diversas entidades formaram um “quórum qualificado na sua diversidade de representação”, nas palavras do proponente da Audiência, Vereador Anilton, e lotaram o plenário para debater o Transporte Coletivo em Alegrete .

Anilton afirmou que a proposição de Audiências Públicas se dá principalmente porque a Câmara não possui Tribuna Popular, um projeto inicialmente proposto pelo ex vereador Gilmar Martins, anos depois pela ex vereadora Judete Ferrari e, nesta legislatura, por este parlamentar, e desta forma, a Audiência é a Tribuna para a diversidade através de suas representações.

O proponente disse que solicitou a realização diante das inúmeras demandas que chegam diariamente com reclamações do serviço prestado que resultaram em vários Requerimentos e Indicações, ao longo do mandato, até este momento, além da evasiva e surpreendente resposta que recebeu, ainda em fevereiro deste ano, da Secretaria de Segurança, Mobilidade Urbana e Cidadania de que o Executivo Municipal não possuía planilhas que embasaram o aumento da tarifa nos últimos anos, em Alegrete.

Ao final das discussões, o  Vereador  solicitou como encaminhamento que seja remetido a todas entidades presentes na Audiência, cópia do Projeto de Lei protocolado pelo Executivo que altera o sistema de Transporte Coletivo e que sejam realizadas Audiências Públicas descentralizadas, nos bairros da cidade, facilitando a participação de maior parcela da comunidade.

O secretário de Segurança e Mobilidade Urbana, Luciano Pereira, falou que a audiência foi salutar para que juntos discutam o plano de mobilidade urbana que passa pela aprovação do PL 082 que já está na Câmara e vai contemplar a abertura de licitação para os serviços de transportes urbanos e rurais.

Ele disse, ainda, que com a licitação será possível  regulamentar e qualificar este serviço no Município.

Manifestaram-se os vereadores presentes, Cléo Trindade, Luciano Belmonte, Glênio Bolsson e Maria do Horto, o Prefeito Municipal, Márcio Amaral e o Secretário da pasta responsável pela área, Luciano Pereira, além dos empresários João Antônio Nogueira e Gilson Vaucher. Nas inscrições para a comunidade, falaram: Sr. João Pedro, presidente do STEMA, Sr. Dariano Moraes, repórter, Sra. Luciane Marques, da AFAD, Sr. Ruy Medeiros, da COMUTAN, Sra. Silvana de Fátima, representante de empresa de ônibus que faz linha no interior do município, Sr. Roberlaine Jorge, diretor da UNIPAMPA, Sr. Dimitri Gediel, Presidente do Bairro Progresso, Sr. Mário Brandolt, presidente da Associação dos Aposentandos e Sr. Airton Alende, vice-presidente da UABA.

Vera Soares Pedroso

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *