Audiência Pública vai tratar das desapropriações às margens das ferrovias

No próximo dia 12 será realizada uma Audiência Pública, sobre a situação dos moradores que se encontram às margens da linha ferroviária. O evento será às 18h30min., na Câmara Municipal de Alegrete.

Segundo vereador, Moisés Fontoura, que propôs a audiência, a finalidade é atender às reivindicações dos moradores que residem às margens da linha ferroviária Ramal Quarai, que passa no meio da zona urbana da cidade. Neste dia será instalada pelo Deputado Estadual Adilson Troca, Presidente da Comissão de Economia, Desenvolvimento Sustentável e do Turismo da Assembléia Legislativa, a reunião da Comissão da Câmara de Vereadores de Alegrete.

A finalidade da audiência é discutir a situação da regularização dos imóveis assentados sobre as áreas da União às margens da linha. Os moradores estão recebendo notificação judiciais emitidas pela empresa Rumo Logística referente à área onde se encontram as residências.

O vereador Moisés salienta a importância dos moradores comparecerem para realizarem questionamentos e discutir sobre a situação. Além de se posicionarem quanto à problemática que envolve a possível remoção dos moradores.

Dos 28 mil KM de estradas de ferro entregues pela União à iniciativa privada, cerca de 16 mil KM estão abandonados, gerando um prejuízo estimado de 40 bilhões. Também está evidenciado em reportagens o recuo considerável de 43% em cinco anos, do transporte de cargas nas ferrovias.

“Este é um assunto que interessa a empresa Concessionária das linhas Ferroviárias, ao Estado, Município de Alegrete e , principalmente, aos moradores que estão recebendo as notificações que vem causando um aflição”- finalizou.

Flaviane Favero

Compartilhar

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*