Brick da Praça, uma ideia que deu certo mas não tem como abrir novas inscrições

O formato proposto para o Brick da Praça assegura o sucesso de uma iniciativa que veio para ficar. A diretora de Cultura do Município, Andrea Oliveira comemora o êxito dessa mostra que sempre no segundo sábado de cada mês atrai um grande público visitante e turistas para conhecerem as novidades do Brick: artesanato, gastronomia, voluntariado, arte e serviços. É um projeto de economia solidária e de convivência social que movimenta em torno de mil pessoas em sua realização.

O Brick da Praça, no entanto, por conta desse crescimento, não está aceitando novas inscrições de expositores porque está no limite do número de participantes na relação com os espaços oferecidos na praça Getúlio Vargas e por uma questão de melhor atendimento ao público, explica a diretora Andrea. Para o ingresso de novos expositores somente no caso de alguma desistência dos atuais inscritos. A exceção continua para a participação de escolas e voluntariado.

No próximo dia 13 de julho, quando da realização do próximo Brick, serão entregues as carteirinhas para os expositores. Com funcionamento das 10h às 17h, o próximo Brick vai ter a apresentação da Escola de Música Ibaldo, pela manhã e à tarde o projeto Canja Musical. No mês de agosto, o Brick estará completando um dezoito meses de funcionamento e já estás servindo como referência para municípios da região.

DPCom PMA 

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *