Briga entre casal de músicos termina com homem preso em Alegrete

Na madrugada desta quarta-feira(13), a Brigada Militar recebeu denúncias de uma briga dentro de um veículo, estacionado, na Avenida Assis Brasil.

Populares passaram pelo local e ouviram gritos. Os policiais identificaram o casal que apresentava sinais de agressões. Os dois foram conduzidos à UPA.

policiaviatura

A mulher relatou que levou um soco, puxões de cabelo e que o companheiro a ameaçou com um facão. Ele estava machucado e disse que foi agredido com tapas, arranhões e que ela também o ameaçou com facão.

O casal foi levado à DP e o homem preso, em flagrante, pela Lei Maria da Penha. O músico foi encaminhado ao Presídio local.

O fato aconteceu por volta das 2h20min.

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Curta nossa Fan Page

4 Comentários

  1. Sim ,mas e a mulher que o agrediu como fica c os dois estavam embriagados também não vale a maria da penha pra ele? Não estou defendendo o homem e sim os direitos d cada um . Deveria era os dois pra cadeia!

    • Opa!desculpa!eu não havia entendido eles não estavam embriagados . Então eu e que errei ,justiça foi feita! Agora ele vai tocar e cantar na cadeia

  2. Não estou defendendo d forma nenhuma homem q bate em mulher, pelo contrário homem q bate em mulher não vale nada e tem q mofar na cadeia!!! Porém tem um detalhe…Qdo um homem precisa dar um empurrão numa mulher para se esquivar d uma agressão q a mesma quer lhe fazer algumas vezes até injustamente, aí populares ou ela mesma chama a polícia, os polícias vem ela algumas vezes já aumenta bem né, inventa coisas q o camarada não fez e o q que acontece??? Ninguém ouve a versão do homem, se a mulher já tava com um esfolamento na mão por exemplo q ela teve muito antes da briga ela inventa q foi o cara e o delegado ou delegada já faz o cara baixar o presídio…Por outro lado já li casos até msm aqui no PAT não me recordo bem quando foi; em que a mulher deu uma facada no companheiro chamaram a polícia ela foi pra delegacia em seguida foi liberada…Como isso????? Pelo menos teoricamente a lei não é igual para todos independente de SEXO, raça, religião, classe social enfim???A lei Maria da Penha é uma lei super necessária sim já deveria existir desde sempre porém há muitos conceitos da mesma que deveriam ser melhor analisados, digamos assim, para q não seja só um lado prejudicado e o outro sempre beneficiado por mais errado q esteja…

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*