Cachorro que foi queimado vivo precisou passar por cirurgia para retirada de tecido necrosado

Estado de saúde de Bud é grave e inspira cuidados

cachorro

Bud, o cachorro que teve 40% do corpo queimado após um triste episódio de crueldade ocorrido na última terça-feira, em Santa Maria, precisou ser transferido ao Hospital Veterinário da UFSM na sexta-feira, onde precisou passar por uma cirurgia de emergência.

De acordo com a médica veterinária que acolheu o bichinho na clínica Beleza Animal, Letícia Adamy, o procedimento cirúrgico foi para a retirada do tecido necrosado das patas traseiras. Além disso, Bud apresenta um quadro inflamatório grave, que inspira cuidados.

_ Ele está com infecção generalizada, apresentou cistite e inchaço nas patas. Segunda-feira ele fará novos exames para ver se apresentou melhora para avaliarmos o quadro e ver quando poderemos fazer uma nova cirurgia de retirada do pênis, que está necrosado _ disse.

A boa notícia, é que a corrente do bem feita para ajudar o cachorrinho está dando resultado: todo o tratamento e internação estão sendo custeados com o dinheiro arrecadado nas doações.

_ Agradecemos muito a ajuda de cada um. Recebemos muita pomada, material para curativos e dinheiro. Com a ajuda financeira nós estamos pagando todos os procedimentos necessários e comprando a ração pastosa especial, pois só assim ele se alimenta _ relata Letícia.

Por apresentar um estado de saúde delicado, as visitas ao Bud estão restritas apenas aos médicos veterinários. Portanto, para saber mais notícias no cãozinho, você pode acessar a página “Amigos do Bud – Santa Maria” no Facebook, que foi criada para centralizar esforços e pensamentos positivos ao animal.

 

Fonte: Zero Hora

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *