Cantor gospel do hit Deus é Deus movimenta culto em Alegrete

A Igreja do Evangelho Quadrangular de Alegrete no dia 07 de julho realizou mais um culto com um dos grandes nomes da música gospel. Delino Marçal, compositor e cantor já ultrapassou muitas barreiras e levou sua música também para fora do País.  Em 2018 após estourar nas paradas de sucessos com o hit Deus é Deus, ele levou sua música para uma mini turnê internacional. O cantor embarcou para o Canadá e participou da 17ª Conferência Bíblica da igreja Christ For The Nations (CFN), na cidade de Toronto.

Com todo sucesso e todas as provações que a vida vem lhe oferecendo ao longo da sua trajetória, em entrevista ao PAT na tarde de terça-feira(9), ele destacou seu fascino em conhecer o Sul e, entre os municípios, a oportunidade de cantar, ministrar e também contar um pouco de sua história e de como venceu na vida através da fé para o povo alegretense. O convite através do Bispo Enio Bastos completou sua turnê pelo Sul que também contemplou as cidades de São Borja, Rosário do Sul, Uruguaiana e Santana do Livramento. Delino Marçal ainda esteve em Sarandi, Gravataí e Pelotas.

Muito simpático e descontraído,  durante o culto o cantor falou um pouco de sua trajetória no meio gospel para os participantes.
Natural de Goiania, filho mais novo de uma mulher solteira que teve 9 filhos, seu pai saiu de casa quando tinha 6 meses de vida, teve uma infância cheia de dificuldades e pobreza. Aos 8 anos juntamente com a mãe e os irmãos se converteram. Foi então, que se deu início sua história no meio gospel.

A mãe, Odete Rosalina, em um culto levantou as mãos e recebeu Jesus como salvador de sua vida, e assim, todos os filhos se converteram. Desde então ela iniciou uma nova etapa e, hoje com 78 anos, ainda é pastora. “Foi então que aprendi aprendeu o significado da oração”, exalta Delino.

O Bispo Enio Bastos concluiu dizendo que o publico da Igreja é em torno de 100 pessoas em cada culto, porém, na noite de terça-feira ultrapassou 500. “Estamos sempre buscando fazer um trabalho diferenciado. Eu não tenho o dom de cantar, mas acredito que a música é um dos fatores importantes para todos que frequentam a Igreja, pois não pregamos religião estamos ali para evangelizar. Alegrete recebeu um grande presente” – citou.

Um pouco mais sobre a vida do cantor passagens que ele descreveu durante a entrevista:

Certa vez no período natalino Delino disse que percebeu seus amigos com roupas e tênis, mas ele não estava e, tampouco sabia que sua mãe não tinha condições de comprar roupas para todos, afinal eram 9 filhos. O cantor disse que entrou em casa e questionou sua mãe perguntando qual era o motivo de servir a Deus? “Meus amigos não são crentes e possuem roupas e tênis novos” completou. Sua mãe com muita calma respondeu:” filho eu vou ensinar algo para você nunca mais esquecer: nesta casa nós não servimos a Deus pelo que ele nos dá, nesta casa nós o adoramos pelo que Ele é”. Foi então que o cantor aprendeu com sua mãe em casa e na infância que se Deus fizer alguma coisa em sua vida Ele é Deus, mas se ele não fizer nada, continua sendo Deus. Este ensinamento, Delino disse que jamais esqueceu e com isso surgiu sua inspiração para a música que o levou para turnê internacional e é uma das mais tocadas no meio gospel.

Ao ser indagado sobre uma passagem que marcou sua vida como cantor e pelos testemunhos realizados em inúmeros estados, Delino ainda se emociona em lembrar que certo dia foi ao Balneário Camboriú e, no final do culto um homem pediu para falar com ele. O cidadão o aguardou por um bom tempo até que todas as pessoas fossem atendidas entre autógrafos e fotos.

Ao concluir se direcionou ao casal que o aguardava e, ao conversar com aquele homem teve mais uma grande provação ao ouvir que ele era um ex- dependente químico. Sem muitos rodeios, o empresário disse a Delino que havia perdido tudo, família e empresas em razão do crack e que um certo dia em um barraco, com um cachimbo e uma pedra de crack, ouviu um barulho no celular e entrou a música Deus é Deus. Naquele momento, conforme narrativa do homem, ele pensou: vou fumar essa pedra ouvindo Deus, mas muito mais do que isso, ele teve um apagão e depois de três horas, quando acordou, não conseguiu mais se reconhecer naquele ambiente e a partir daquele momento a vida teve uma grande guinada, recuperou duas empresas e a família.

Delino lembrou que enquanto o homem descrevia a sua história a mulher que o acompanhava chorava copiosamente. Era esposa do ex-dependente que tinha desistido de lutar pelo marido e imaginou que havia perdido a batalha contra a droga. Foi então, que o homem falou orgulhoso que havia aberto uma Casa de Recuperação para os dependentes químicos naquele município e precisava agradecê-lo pela vida.

O cantor ressaltou que jamais esquece essa passagem e que na vida o que mais importa são os propósitos pois eles vem de Deus enquanto as propostas são passageiras. E que com sua mãe aprendeu que a perseverança é um dos principais fatores para que a pessoa consiga chegar no seu objetivo independente dos percalços no caminho.

Flaviane Antolini Favero

 

Compartilhe
  • 505
  •  
  •  
  •  
  •  
    505
    Shares

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*