Casal passa o final de semana junto após ganhar concurso ‘Matando a Saudade’


Mariana e Micael estão juntos há seis anos e moram a 700 quilômetros de distância um do outro

São mais de 700 quilômetros que separam Mariana Tagarra Pereyra, 22 anos, e o namorado, Micael Roan Leite Martins, 27 anos. Ela, que estuda Enfermagem, mora em Santa Maria. Ele estuda Administração e trabalha em Florianópolis. Os dois conseguem se ver a cada dois meses, em média, e, neste fim de semana, conseguiram ficar juntos após Mariana ganhar o concurso “Matando a Saudade”, lançado em janeiro pelo Diário.

A data escolhida pelo casal foi especial: no sábado, noite em que eles ganharam um jantar no Espetiño, comemoraram aniversário de namoro. Pela primeira vez, desde que se conheceram, conseguiram comemorar o 14 de abril. Micael conseguiu três dias de folga do trabalho e chegou em Santa Maria na madrugada de sexta-feira. De Florianópolis a Porto Alegre, ele viajou de avião para antecipar a chegada na cidade. As passagens foram patrocinadas pela TravelMix.

Os dois se conheceram em Santa Maria, em 2012, e, desde então, estão juntos. Mariana conta que, por causa da distância, foram três anos até assumir, oficialmente, a relação.

– A gente escolheu essa data (14 de abril) porque foi quando decidimos assumir de vez o namoro – comenta Mariana.

Além de ficarem juntos, aproveitaram o fim de semana para visitar alguns amigos e familiares. No sábado, Micael tatuou a inicial do nome de Mariana no dedo anelar esquerdo, simbolizando o compromisso deles. Quando eles conseguem ficar perto, normalmente é quando Mariana vai até Santa Catarina. Com isso, até então, Micael conviveu pouco com a família da namorada.

– Como ele trabalha, eu costumo ir mais para lá. Eu faço faculdade e tenho estágio, não dá para ir sempre, mas, normalmente, sou eu que viajo. O tempo sempre passa muito rápido. Se eu pudesse, ficava um mês inteiro com ele. Mas, neste final de semana, foi diferente e foi ainda mais especial – lembra a jovem.

Micael conta que, além de poder matar a saudade da namorada, o relacionamento deles deu “outro passo”:

– Foi muito especial, além do que a gente ganhou, eu consegui me aproximar mais da família dela, que foi outro passo na relação. Eu fiquei muito feliz. Sem falar que foi a primeira vez que viajei de avião. Superou as minhas expectativas.

Fonte: Diário de Santa Maria

Compartilhar

Curta nossa Fan Page

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*