Chuva de granizo e vento forte deixam estragos na região central do RS

Cerca de 70 casas foram danificadas em São Gabriel, na Fronteira Oeste

 chuva granizo
Os ventos fortes e a chuva de granizo que atingiram o Rio Grande do Sul no fim da noite deste sábado deixaram estragos em municípios na região central e na Fronteira Oeste. Além de árvores e portes de eletricidade caídos, mais de 100 casas foram destelhadas ou danificadas.

Em São Gabriel, na Fronteira Oeste, o Corpo de Bombeiros estima que cerca de 70 casas tenham sido destelhadas com o temporal. Equipes da Defesa Civil passaram a noite distribuindo lonas no interior do município, principalmente no bairro Santa Clara, distante 10 km do centro da cidade.

Em Santa Maria, os distritos de Santa Flora, Pains e Passo do Verde tiveram casas destelhadas e estradas interrompidas pela queda de árvores. De acordo com informações preliminares da Base Aérea, as rajadas mais fortes registradas na cidade chegaram a 60 quilômetros por hora por volta das 21h. O vento também derrubou árvores na BR-392.

A Defesa Civil trabalhou na entrega de lonas para os desabrigados em Santa Maria. O maior estrago, segundo a Defesa Civil, ocorreu em Pains, onde cerca de 20 casas foram destelhadas. Em Santa Flora, além do destelhamento de algumas moradias, placas de trânsito foram danificadas, um silo ficou destruído e árvores caíram. 

Outras 40 casas sofreram danos devido ao forte vento em Restinga Seca, no centro do Estado. Conforme os bombeiros, pelo menos quatro casas desabaram. Também houve queda de postes e fiação elétrica na ERS-149 — o trânsito foi bloqueado durante a madrugada, mas já estava liberado nesta manhã.

Conforme a Defesa Civil do Estado, não houve casos de destelhamento ou danos decorrentes do temporal em Porto Alegre. Após a madrugada de chuva constante, no entanto, alguns pontos da Capital amanheceram alagados. 


Chuva de granizo deixou estragos na região central do Estado

Fonte: Zero Hora
Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *