Ciclista alegretense dá show de superação e completa o Audax Missões 200 km

Uma modalidade que tem inspirado muitos ciclistas são os desafios de longa distância, denominados de Audax. Alguns ciclistas começaram a fazer  BRM  200Km, 300 Km e até 400km, o que motivou outros ciclistas a também se desafiarem e vencerem seus limites.

O alegretense Lucas Fernandes Dorneles, 24 anos, venceu mais um desafio neste último final de semana. Lucas que teve a perna esquerda amputada aos 12 anos, em razão de um tumor segue dando aula de superação. Completou a sexta presença em Audax. Fez o de 300, um de 400 e quatro de 200km.

No final de semana ele que reside em São Borja, foi a Santo Ângelo cumprir mais um desafio em cima da sua bicicleta speed. Dessa vez, a largada e chegada foi na cidade das Missões, dezenas de ciclistas passaram pelas localidades de Roque Gonzales e Sete de Setembro, antes de retornaram ao ponto de partida.

“Todo Audax é um aprendizado, e esse não foi diferente, fiquei um tempo sem pedalar e fui para o Audax, somente com dois treinos longos”, explica Lucas.

Na verdade o ciclista admite que foi um grande erro. Com o pensamento de que seria fácil completar a prova, pois já havia feito um Audax de 400 km no começo do ano, Lucas abusou da sorte e testou mais uma vez sua determinação e foco para concluir uma prova deste tipo.

 

A barbada que ele imaginava não foi nada fácil.  A largada por volta da seis horas da manhã, de domingo exigiu um mega esforço dele. Com experiência adquirida, gastou 4 horas e 40 minutos para chegar no ponto de controle, na metade da prova. Tudo tranquilo seguiu viagem.

Foi então que a prova começou a cobrar a falta de treino. Logo depois dos 120 km, as subidas pareciam intermináveis conta o atleta. Num grupo de sete competidores, contou com a ajuda deles para superar o restante da prova.  “Valeu muito a parceria deles em todo o trajeto. Meu agradecimento ao Estevão, Mauro Ricardo e Ronaldo, eles fizeram uma força a mais para me ajudar em umas subidas”, conta Lucas.

O alegretense concluiu a prova faltando menos de uma hora para o tempo de corte. “Foi muito bom receber os parabéns de toda a turma que estava na chegada. Agora é hora de focar nos treino por que em novembro tem mais um desafio”, destaca.

Lucas registrou 205 km, em 10h11min, numa altimetria acumulada de 2.275 metros, gastou 3.933 calorias. E se depender da agenda os dias estão contados para o próximo Audax. Em novembro vai para os 300km. Em fevereiro de 2019, se aventura nos 400. Em maio, busca o brevet do cobiçado Audax 600km e nos meses de outubro e novembro faz os de 200.

Júlio Cesar Santos                                  Fotos: Cátia Martins

Compartilhar

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*