Cleo Trindade faz avaliação positiva da 40ª Campereada

A Campereada Internacional de Alegrete teve seu encerramento neste domingo (10), depois de 9 dias de muita tradição e música no Parque de Exposições Dr. Lauro Dornelles. A equipe do PAT conversou com o presidente do evento, Cleo Trindade, que avaliou a quadragésima edição do evento.

Reunião de organização do evento.

Para Cleo, dos eventos tradicionalistas e tradicionais no cenário do Rio Grande do Sul, a Campereada, é o que mais engloba a cultura gaúcha. “Além de ser um evento de preservação de usos e costumes do gaúcho, ele contempla, na sua totalidade, o artesanato, culinária, artístico, cultural e o campeiro”, explica.

Abertura de um dos vários shows do evento.

Inserido no meio tradicionalista há pelo menos 40 anos, Cleo entende que a Campereada é um evento importante não só para a cultura regional, mas também para a economia local, já que é uma época em que a cidade tem menos movimento em razão do período de férias. “O evento traz gente de todo o estado, movimenta o município, os postos de gasolina, mercados, hotéis, além de gerar renda para quem trabalha no parque nos dias de evento”, comenta.

Abertura da 40ª campereada.

Outro diferencial da Campereada, é o ambiente familiar, já que desde o primeiro dia as entidades tradicionalistas ocupam o parque com acampamento, em que famílias inteiras permanecem durante todo o evento reunidas participando da programação do evento. “Nas provas, por exemplo, temos pessoas de todas as idades,do piá ao idoso. Temos homens e mulheres na gineteada. Tem um senhor de 80 anos que estava laçando com os bisnetos, por exemplo. O ambiente familiar é muito forte por aqui”, afirma.

Por fim, ele também ressalta que a Campereada reúne o que há de melhor na música gaúcha, o que se confirmou pelo grande público em todas as noites de shows.

Andressa Benites

Aline Menezes

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*