Colina faz 2 a 1, no Vila Nova em amistoso internacional

O confronto Brasil e Uruguai realizada na manhã de domingo (14), no Estádio Municipal Farroupilha foi vencido pelos visitantes.

Bicampeão municipal na categoria principal da LAF, o Vila Nova recebeu o clube uruguaio do DC Colina, da cidade de Rivera.

Com arbitragem de Rodrigo Modesto, auxiliado por César e Cléber Romário, trio da Assarfa, a partida amistosa serviu para preparação de ambas equipes.

O Colina logo aos cinco minutos, quase abriu o placar não fosse uma boa defesa do goleiro Luan, que na ponta dos dedos espalmou para escanteio. Os primeiros 23 minutos, foram de domínio do rubronegro alegretense, que criava diversas chances de gol.

A partir dos 25′, o jogo esfriou e se tornou truncado e faltoso. Com uma coletividade os uruguaios equilibraram o jogo. Com mais posse de bola criaram duas boas situações de marcar gols. Na primeira a bola cruzou rente a meta alegretense e foi em linha de fundo. Já na segunda aos 39′, a bola acertou o poste esquerdo do goleiro Luan.

Na frente do Vila, Kessy era quem levava perigo a zaga adversária. De tanto esforço e movimentação, o atacante foi quem marcou o gol alegretense. Chute forte e rasteiro de dentro da área parou no fundo da rede do Colina, 1 a 0, Vila. O primeiro tempo encerrou com o Vila no ataque.

Na etapa final, o técnico Bueno, mexeu no time do Vila. O atacante Guilherme e o meia Dênio entraram em campo. As substituições deram fôlego para o rubronegro que alugou o ataque.

A temperatura na casa dos 30 C, refletiu em campo. Jogadas faltosas obrigou o árbitro a usar o cartão amarelo e em reincidência pedir a substituição do atleta.

O Vila Nova abusou das jogadas, enfeitando e pecando em finalizações. Do outro lado um time operário, que correu e marcou o tempo todo. A chance mais clara de gol do Vila foi aos 24′, com o atacante Babão, que por detalhes não marcou o segundo. O jogo caiu em intensidade após os 25′, só deu Colina.

Aos 30 minutos, o atacante Dudu, aproveitou um contra-ataque mortal do clube uruguaio e empatou o jogo. Desinteressado em campo e pouco combativo, o time de Alegrete parou em campo. Faltando dois minutos para o final, o camisa 10 do Colina Alexandre, de boa movimentação sacramentou a vitória dos visitantes, 2 a 1 Colina.

O amistoso selou a amizade dos dois clubes. Ambos receberam um troféu alusivo ao confronto entre os dois países latinos. Mas o encontro encerrou com um gol de placa. A diretoria do Vila Nova solicitou ao seu torcedor e público que foi ao estádio colaborar com alimentos não perecíveis. O resultado foi extremamente positivo e será doado a família do eterno presidente Bira, que passa por tratamento médico.

Ambas diretorias já trabalham para realização do jogo em Rivera. O DC Colinas foi recepcionado no Clube Sete de Setembro, um suculento churrasco estreitou mais os laços de amizades entre os clubes que se preparam para temporada 2019.

Confira a galeria de imagens:

Júlio Cesar Santos

Compartilhe
  • 47
  •  
  •  
  •  
  •  
    47
    Shares

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*