Com internação via judicial família comemora recuperação de Naiana

O drama da família de Naiana Baldissera Pereira, 20 anos, iniciou no dia 30 de março quando ela teve que fazer uma cirurgia para retirar pedra na vesícula, aqui na Santa Casa de Alegrete. Como o canal que vai do fígado estava colado no da bílis, ela começou a passar mal e ter muito inchaço no abdômen, o que levou a uma nova cirurgia. Porém, para que ela se salvasse teria que, com urgência, fazer um procedimento especial em Porto Alegre.

Foi aí que começou a peregrinação dos pais, Marisa e Joel, atrás de leito, em Porto Alegre, para a filha que é especial.  Eles apelaram até para a Promotoria e mesmo assim foi difícil conseguir leito. E, nesse espaço de tempo, a saúde de Naiana só piorou e ela foi para a UTI da Santa Casa, onde permaneceu por 40 dias.

Com muita luta, e via judicial, os pais conseguiram internação no hospital da PUC, ainda em maio, quando foi atendida e passou por outra cirurgia no último dia 23 do mês passado . A jovem Naiana já está de volta em Alegrete, onde se recupera de mais esta cirurgia para reconstituir o canal da bílis.

A mãe, emocionada, agradece primeiramente a Deus pelo restabelecimento da saúde da filha e, ao hospital Santa Casa de Caridade de Alegrete, aos profissionais, enfermeiras, médico e demais servidores que ali se dedicaram nos 40 dias em que Naiana esteve internada, e que também intercederam para viabilizar  a sua transferência para POA.

Amigos apoiaram financeiramente a família e isso eles agradecem de forma especial pelo  carinho, afeto, e muito amor nesta hora difícil. Assim como às manifestações de solidariedade de pessoas especiais, amigos que nos fortaleceram com mensagens, orações, ( que todos vocês dirigiram pela saúde e recuperação de nossa filha).

Naiana ficou mais 20 dias no Hospital da PUC conta Marisa, que destaca o excelente serviço da equipe médica especializada em tratamentos hepáticos.

Em Alegrete, a família e amigos comemoram a recuperação dela na certeza de que se não fosse o conjunto de todos os que juntos lutaram, talvez ela não estivesse de volta à sua casa.

 Vera Soares Pedroso

Compartilhar

Curta nossa Fan Page

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.