CREAS, um suporte às vítimas da violência doméstica em Alegrete

Todos os dias, algum tipo de violência acomete mulheres, crianças e idosos em Alegrete.

Para acompanhar e ajudar essas pessoas, o CREAS- o Centro de Referencia Especializado em Assistencia Social conta com uma equipe de profissionais; psicólogos, assistentes sociais e assistência jurídica.

O coordenador do CREAS,Márcio Duarte, diz que atendem uma média de 120 pessoas por mês. A maioria vem de casos judicializados através da DP e Ministério Público.Alguns pelo disque 100 e outros espontâneos.

– Fizemos uma mediação e tentamos aparar as arestas, aproximar pessoas, minimizar os efeitos da violencia, lembrando que a violência psicológica é tão nefasta como a física e, às vezes, mais difícil de reconhecer, diz o psicólogo.

O serviço atende no prédio do antigo Fórum na Praça Getúlio Vargas – terceiro andar.

Vera Soares Pedroso

Compartilhe
  • 108
  •  
  •  
  •  
  •  
    108
    Shares

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*