Desnível de tampa causa transtornos a motoristas

Desviar dos buracos nas vias de Alegrete é atividade comum para os motoristas, seja por conta do desgaste no asfalto ou porque as tampas de bueiro criam um acentuado desnível.

Em uma breve volta pela cidade, os problemas decorrentes desse tipo de desnível são bastante comuns e chegam a ficar sem conserto por mais de 60 dias. Uma dessas situações está causando transtorno e aumentando a possibilidade de acidentes ou prejuízos para condutores.

Na esquina das ruas Simplício Jaques e Carlos Gomes, no Bairro Vila Nova, uma tampa que dá acesso aos fios de telecomunicações está gerando problemas para quem usa as vias.

Sem pavimentação, as ruas estão com o calçamento desgastado e a tampa acabou afundando junto com o terreno. Passar ali, exige um certo cuidado, a tampa está bem no meio da via e numa esquina com bastante tráfego. Além do movimento diário de carros e caminhões, o transporte coletivo enfrenta problemas para ter acesso ao bairro, já que a conversão é feita muito próximo da calçada.

Moradores das proximidades não sabem a quem reclamar. “Dia desses, acordei com um estrondo. Era um carro que havia batido e danificado o cano de descarga”, conta um senhor aposentado, de 66 anos.

“O cruzamento é muito perigoso. Em horário de pique, vira um caos. Tem criança do colégio cruzando e os carros que acabam desviando do buraco quase se envolvem em colisão”, comenta uma dona de casa de 49 anos.

A reportagem do Alegrete Tudo conferiu o local e testemunhou a dificuldade dos motoristas trafegarem na esquina, devido ao desnível. Não há uma placa sinalizando a situação de perigo.

Foram dois dias tentando contato com a empresa responsável pela manutenção e não obtivemos retorno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *