Devassa no Presídio localiza arsenal de armas, drogas e celulares

O saldo da revista realizada no Presídio Estadual de Alegrete foi: 15 apenados transferidos e apreensões de estoques, drogas, celulares e armas.

Com início às 13h 20min., desta quinta-feira(13), essa foi uma das mais grandiosas ações devido ao número do efetivo e da forma que foi realizada. Com integral apoio o GIR ( Grupo de Intervenção Rápida) 6ª Região Penitenciária, PATAMO de São Gabriel, POE de Santana do Livramento, GOE de Alegrete e efetivo, além dos Bombeiros e Guarda Municipal. O grande aparato foi para a revista detalhada que ocorreu na Casa Prisional.

A ação aconteceu uma semana após a fuga de oito detentos do Presídio Estadual de Alegrete. Todos foram recapturados, pela Brigada Militar, e transferidos para outros municípios da região. A medida também é para desafogar, um pouco, a cadeia que está com uma superlotação há anos, uma verdadeira bomba relógio. O administrador, Paulo Bukowski, pondera que essa foi uma operação extremamente produtiva em apreensões e com absoluta normalidade.

O resultado final  foi de quatro armas de fogo, dois revólveres calibre 38 e dois calibre 32; 55 estoques; sete munições calibre 32; 36 celulares; 14 carregadores; 24 baterias; 6 tijolos de maconha; 52 buchinhas de maconha.

Para o Delegado Penitenciário Regional, Nilton da Silva, que responde pela 6ª DPR, a operação foi positiva e as transferências são numa medida de represália devido às fugas, as constantes agressões e o início de formação de facções. Todos os que foram removidos  eram apontados como líderes. Eles foram para as cidades de Uruguaiana, Santa Maria, Cruz Alta e São Borja. Hoje, a Casa Prisional está com 184 apenados. A capacidade é para 81 detentos.

Flaviane Favero

 

Compartilhar

3 Comentários

  1. Será só uma questão de tempo para readquirirem os celulares, drogas e pistolas novamente?
    Pois pela gravidade, me parece que a administração deve ter dado uma forcinha para essa entrada colossal de objetos que foram aprendidos. Parabéns a toda equipe tática. Vamos ficar de olho na prevenção agora.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*