Enfermagem; saiba tudo sobre o curso que mais emprega atualmente

QUER FAZER O TECNICO DE ENFERMAGEM E PRECISA DE UMA AJUDA? LEIA O TEXTO ABAIXO:

  1. Oportunidade de ajudar o próximo
    A enfermagem traz essa nobreza: a oportunidade de trabalhar ajudando a salvar vidas. É gratificante quando a profissão que você escolhe também é uma forma de se humanizar. Cuidar do outro e lidar bem com todas as implicações que isso traz é para pessoas que estão dispostas a atuar não apenas como profissionais, mas como verdadeiros seres humanos.

E com a enfermagem acontece isso. Você aprende a se colocar no lugar do outro, além de desenvolver atributos fundamentais como a paciência, que é tão importante no setor de saúde.

Esse talvez seja o maior motivador na hora de escolher a enfermagem como profissão, e isso é ótimo. Então, se você sempre se imaginou fazendo o bem e ajudando as pessoas, o curso de enfermagem é indicado para você.

  1. Amadurecimento emocional
    Trabalhar nessa área requer, além de conhecimentos técnicos e científicos, grande respeito pelo ser humano, além da capacidade de atuar com ética e maturidade. A verdade é que lidar com a dor e as emoções dos outros faz com que o profissional diariamente se veja em situações em que é necessário ter controle emocional. Isso resulta em um desenvolvimento pessoal e maturidade que nem sempre é possível em outras profissões.

E apesar da rotina estressante de procedimentos difíceis e alguns até vitais, os técnicos em enfermagem sabem o quanto é gratificante ajudar pessoas em situações de vulnerabilidade. O quanto é possível crescer com essas situações e que na verdade ambos ganham, afinal, quem ajuda está também se ajudando, não é mesmo?

  1. Grande demanda de mercado
    Outro motivo tentador para fazer enfermagem é que a profissão está em alta. Segundo um estudo recente feito pelo Instituto de Pesquisa Aplicada (IPEA), os profissionais de enfermagem são mais requisitados que os médicos.

A enfermagem é a segunda profissão com maior número de postos de trabalho no Brasil, perdendo apenas para os profissionais de Tecnologia da Informação. Animador, não é mesmo? Isso significa que a enfermagem, ao contrário do que acontecia no passado, é hoje uma profissão bastante valorizada.

A verdade é que o enfermeiro e os técnicos em enfermagem serão sempre um profissional bem requisitado, principalmente porque nos últimos anos vem crescendo a preocupação das pessoas com saúde e bem-estar, além do aumento da expectativa de vida que faz com que áreas como a geriatria se destaque.

  1. Ampla área de atuação
    Fazer um curso técnico no qual você se identifica é muito importante, mas escolher um curso que está em crescimento é melhor ainda. E por que a enfermagem está em crescimento? Porque além do fato da saúde ser uma área em que sempre haverá demanda, há alguns anos o leque de atuação da enfermagem vem se abrindo.

Você poderá trabalhar em hospitais, prestando serviços de ambulatório em escolas e empresas privadas, casas de repouso, resgate de acidentados, laboratórios e no setor público que abre concurso para a área de enfermagem.

Não para por aí, pois você pode trabalhar em auditorias, em gestão de serviços de saúde, no tratamento de pacientes com diabetes e também como profissional liberal ou membro de uma cooperativa que atende na casa dos pacientes. É o que chamamos de Home Care, uma tendência que vem dando muito certo.

  1. Flexibilidade de horários
    A carga horária de um técnico em enfermagem é de 6 horas diárias por posto de trabalho ou plantões de 12 horas dependendo do local. Essa flexibilidade de horário é ótima para quem quer ter mais de um emprego e aumentar o salário.

Você pode controlar seus horários escolhendo quais dias da semana trabalhar ou, se for o caso, nos fins de semana. Além disso, existem os plantões noturnos que são ideais para quem tem outros compromissos durante o dia. Você tem que concordar que flexibilidade de horário é uma vantagem que nem todas as profissões têm, não é mesmo?

A enfermagem está com tudo! E quem pensa que é uma profissão apenas para mulheres se engana. De acordo com dados do Coren de São Paulo, o número de homens na enfermagem subiu de 2% para 12% em 40 anos. Pode parecer um crescimento tímido, mas para uma profissão que era predominantemente feminina, já é um grande avanço.

Percebeu como a enfermagem é um curso que oferece muitas possibilidades? Quer ficar por dentro das novidades e saber mais sobre esse curso, clique aqui:
bit.ly/DieniferSEG

Compartilhar

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*