Farra do carrinho no calçadão

A cidadania é uma dos atributos que faz com que a sociedade viva em harmonia.

Ter esta consciência de que bens são públicos, de todos e devem ser repeitados, assim como um simples carrinho que serve para que qualquer pessoa faça as suas compras em mercados e ir até os caixas, é fundamental.

Aqui em Alegrete, seguidamente, acontecem denúncias de que as pessoas deixam estes carrinhos largados em ruas e até levam para a casa, num ato de puro desrespeito pelo bem que é de uma empresa e serve a muitos. Mas ver estes mesmos carrinhos usado em forma de brincadeiras por dois jovens no calçadão não tem explicação.

Pessoas que passavam no último final de semana pelo calçadão registraram a cena e estavam indignados com isso. Alguns até questionaram que educação tem estas pessoas usando de forma inadequada um equipamento que deveria estar dentro  de um mercado e aqui servindo para brincadeira. E que atravessou o calcadão e seguiu pela Praça.

Enquanto isso muito clientes, às vezes, precisam disputar carrinhos para fazer suas compras em mercados locais.

Vera Soares Pedroso

Compartilhar

2 Comentários

  1. Simplesmente é só colocar ponta de caixas nos terminais como era antigamente…daí o carrinho quando sai do mercado.. não fica aleatório.. porque não tem fundamento a mesma pessoa que está no Caixa acomular a função de empacotador.. tem projetos excelentes como “Menor Aprendiz”..”Aprendiz Legal”..que suprem a demanda.mas acho que os Mercados não têm o mínimo de interesse em colaborar com projetos e principalmente com incentivo a nova Geração…

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*