Golpistas não levam livre nem os pacientes da Santa Casa

santa casa

Nos últimos dias, mais uma ação de estelionatários virtuais chegou onde ninguém imaginava: na Santa Casa de Caridade.

Golpistas estão usando de um expediente considerado pelo diretor técnico, Dr. Décio Passos Sampaio Peres como rasteiro e deprimente, ao tentar se passar por funcionários do hospital.  O autor ou a quadrilha descobre quem está internado na CTI, e  depois identifica familiares, endereço e telefone dizendo que o paciente necessita realizar exames. Usam argumentos que os procedimentos não têm cobertura do SUS ou de planos de saúde, mas que necessitam ser feitos com urgência.  As pessoas que recebem estas ligações ficam muito apreensivas e logo ligam para o hospital.

Até confirmar que a solicitação para o depósito no valor de R$ 1.000 não passa de golpe, os familiares ficam extremamente preocupados, pois imaginam um agravamento no quadro dos pacientes, além da necessidade  de dispor do valor pedido em curto espaço tempo.

Para o Dr. Décio, este é o golpe mais desprezível que ele já viu, e que ninguém deve fazer qualquer tipo de depósito, pois essa não é uma pratica usada pelo hospital. O caso está sendo investigado pela Polícia local

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *