Grande maioria da população é contra abertura do Calçadão

A notícia de que a Prefeitura e o Centro Empresarial discutem, através de um projeto, a abertura do calçadão da Rua Gaspar Martins gerou inúmeros questionamentos.

Na página do PAT, no facebook, logo que matéria foi ao ar foram centenas de comentários de leitores, a grande maioria se diz contra a ideia, porque acreditam que não há necessidade de se abrir uma rua apenas para passar carro. O local é democrático, onde acontecem feiras, manifestações e livre circulação de pedestres.

Muitos colocaram que deveriam se preocupar em tapar a grande quantidade de buracos nas ruas, vendo como um gasto desnecessário.

Outros ainda disseram que a cidade tem é que ampliar espaços público para as pessoas e não para carros, porque o mundo todo vai por este caminho. E que revitalizar o calçadão é uma saída.

Quanto à segurança que os moradores do calçadão reclamam, de que a noite fica deserto, alguns opinaram que se melhore a iluminação e segurança, sem precisar abrir rua.

Aqui algumas opiniões sobre a questão

“O senhor prefeito, responsáveis do centro empresarial e secretários devem se importar primeiro com os buraco em muitas vias da cidade…Abrir o calçadão não vai mudar em nada já que carros não poderão ser estacionados no local…De quem foi essa ideia ridícula”.

“Se o problema é a falta de público no calçadão, que tal criar conteúdo para as pessoas circularem mais por lá? Abrir para os carros é uma péssima ideia”

” Precisamos ampliar e qualificar os espaços para pedestres e não para veículos. Sou a favor de transformar o trecho entre a Igreja e o clube cassino em calçadão também, com bancos, árvores e canteiro de flores”.

” Abrir não vai trazer novos clientes aos lojistas pelo simples motivo de que aberto ou fechado não há onde estacionar na cidade, mesmo com o rotativo. Para se chegar em qualquer loja do centro é preciso ir a pé. Se for de carro volta para casa sem chegar no destino. Ambulâncias, bombeiros, carros da brigada e guarda municipal não estão impedidos de trafegar pelo calçadão. Os próprios lojistas circulam de carro por lá. Não há o que justifique. Tem que investir na iluminação, segurança e mau cheiro do calçadão. Isso sim. Completamente contra”.

“Não concordo com essa obra, acho desnecessária, uma vez que por tantos anos existe. Não acho que se abrir, vai trazer mais clientes às lojas ali existentes. Deve ser mantido e arrumado outras coisas no município, mais urgentes!

” Para que abrir o calçadão se não vão poder estacionar ali? Carro de polícia já cruza ali, então pra que? Gasto desnecessário!

” Boa, sou a favor nesses moldes: abrir só uma via para passar carros. Deixando uma calçada larga, com canteiros e bancos nos dois lados e alguns recuos para estacionamento (principalmente para carga e descarga). Iria melhorar a segurança e o movimento no local”.

“Mas do jeito q tá, fica local de reunião de indigentes, gente consumindo droga, fazendo necessidades fisiológicas no chão e nas paredes dos comércios .. se abrir uma via ali, vai ter fluxo de veículos, a movimentação em si, vai coibir estes atos .. é simples”!

Vera Soares Pedroso

Fotos: Júlio César Santos

Compartilhe
  • 2.3K
  •  
  •  
  •  
  •  
    2.3K
    Shares

3 Comentários

  1. Acho que esta questão do caçadão quem tem que resolver, são os vereadores que são representantes do ´povo. Se dependesse de mim optaria pela abertura do calçadão.

  2. Uma ideia desnecessária. Com tantas ruas quase sem condições de traficabilidade devido a buracos e mais buracos e nossas autoridades querendo fazer um gasto que em nada vai ajudar. Por que se foi reclamado de ficar deserto o calçadão durante as noites, qual rua da cidade permanece 24 horas com circulação de carros e\ou pedestre nas madrugadas. E bagunça, vandalismo, coisas assim acontecem em todos locas da cidade, inclusive nas praças. Acho que eles deveriam rever muito bem esta ideia. Usar estes recursos em obras de maior necessidade. Quanto problema existe na cidade, como acessos a cadeirantes em calçada q impossibilitam a locomoção destas pessoas especiais.

  3. Sou contra a retirada do calçadão, mas a Administração Municipal e principalmente os cidadãos alegretenses, devem colaborar para que o calçadão esteja mais limpo, que não vire um “camelódromo”, uma passarela de pedintes, um festival de cheiro de esgoto a céu aberto, um “canil” improvisado, uma latrina para cachorros dos donos de imóveis do calçadão, que os comerciantes não coloquem propagandas atrapalhando o vai e vem das pessoas. Então temos que mudar muita coisa, mas retirar o calçadão é uma atitude imatura para uma Administração que tem trabalhos mais importantes e menos onerosos para efetuar.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*