Grave acidente, na Assis Brasil, deixa 8 feridos; 5 são criancas

O gravíssimo acidente que ocorreu na noite desta segunda-feira (17), envolveu dois veículos e deixou oito feridos que foram conduzidos à UPA e Santa Casa. O motorista do Chevette, de 36 anos, teve fratura exposta na perna esquerda, além de outras lesões. Ele ficou com o pé preso nas ferragens e foi retirado pelos Bombeiros.

De acordo com a Brigada Militar, o Celta conduzido pela motorista, de 31 anos, invadiu a pista contrária e colidiu frontalmente no Chevette que descia a Avenida Assis Brasil. Ela teria sofrido um mal súbito e perdeu o sentido. A mulher cortou a língua e vai ficar em observação por seis horas. A carona de 25 anos bateu a cabeça no para-brisa e o companheiro também, de 25 anos, nada sofreu.

Já no Chevette, além do motorista havia mais cinco crianças, de 6, 10,11,9 e 11 anos. Um deles ficou desacordado no momento do socorro. Conforme informações da Brigada Militar, três estão estáveis e dois passam por exames, sem muitos detalhes, até o momento.

O acidente ocorreu por volta das 19h50min. A ocorrência foi atendida pelos Bombeiros, Brigada Militar, SAMU, ambulância da UPA, dos Bombeiros e a Guarda Municipal.

Outras informações:

Advogado da condutora do Celta.

Éder Fioravante disse à reportagem que a cliente relatou ter perdido o sentido e não lembra do que aconteceu. Ela estava indo buscar a filha na escola e trafegava sentido bairro/centro na Avenida a Assis Brasil. A mulher cortou a língua e vai ficar em observação.

Bombeiros

O sargento Vicente falou que toda ocorrência durou cerca de duas horas. A retirada das vítimas foi em aproximadamente vinte minutos. Eles retiraram o condutor, do Chevette, que estava com o pé preso nas ferragens e apresentava fraturas. Além de mais duas crianças. As outras já tinham sido removidas. Foi necessário o caminhão dos Bombeiros e a viatura de resgate. As guarnições estavam compostas pelos sargentos Vicente, Adão Roberto e Robson, assim como, os soldados Quadros, Guedes, Borges. Sargento Josimar ficou na Sala de Operações.

Relato de uma das crianças aos policiais

Eles teriam um jogo de futebol que não ocorreu e estavam retornando para casa. Todos são familiares. No momento em que chegaram no hospital a preocupação era de como todos estavam. Eles residem no bairro Gamino.

A Brigada Militar através das guarnições compostas pelo sargento RuiDias, soldados Marcos, Rogoski, Alisson, Ricardo e Sabino atenderam a ocorrência.

Os guardas municipais Júlio, Larri e Eduardo também auxiliaram no trânsito. No momento da remoção das vítimas houve um grande tumulto de pessoas que tentaram auxiliar, além dos curiosos.

O Chevette teve perda total e o Celta danos de grande monta. Os dois veículos foram recolhidos ao depósito do Detran.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *