Grupo Mensageiros completa 20 anos de arte e cultura em Alegrete

No dia 28 de novembro de 1998, foi realizado o primeiro ensaio do elenco do Grupo de Teatro Mensageiros. Pouco mais de um mês depois, no dia 26 de dezembro do mesmo ano, subia ao palco o primeiro espetáculo do grupo, “Drogas entre dois mundos”.

Integravam o elenco e equipe técnica, estudantes da Casa Espírita Eulália Nogueira e Joana de Ângelis. Sob a coordenação da professora, Elíria Mallman dos Santos, que possibilitou todo o apoio, tempo e disponibilidade para que o grupo pudesse seguir um trabalho de promoção humana através da arte, nos anos seguintes, o grupo foi se solidificando até tornar-se Associação Cultural Mensageiros, no ano de 2004.

Integravam o início do grupo, os jovens, Paulo Amaral, Tatiane Quintana, Gislaine Barros, Carla Barros, Priscila Martins, Amildo Costa, Gisele Costa, Alisson Machado, Célio Pedroso, Vagner Souza, Fernando Ferrão, Angela Jardim, Isaias Ribeiro, Carem Lima,  Carine Jardim e Aline Jardim. Ao todo, já integraram o grupo, mais de 100 pessoas.

Nesse período foram montados diversos espetáculos e esquetes teatrais. A associação ocupou entre os anos de 2004 e 2010, dois espaços culturais, onde adaptou salas de teatro e de oficinas, sendo a primeira localizada no Centro Espírita Joana de Angelis e a segunda em um porão localizado a rua General Sampaio.

Neste último espaço, colocou em andamento diversos projetos sócio-culturais, como sessões de teatro, cinema, música e dança em apresentações semanais (Projeto Palco Mensageiros); Oficinas de Teatro Permanente ( NET – Núcleo de Experimentos Teatrais); Apresentações de espetáculos de teatro infantis para alunos de escolas da rede pública e pólos educacionais ( Projeto Palquinho Mensageiros); Núcleo de Estudos e criação literária ( Sociedade Literária Mensageiros); Oficina de Teatroterapia com jovens atendidos no CAPsi – Centro de Apoio Psicosocial ( Projeto Adolescer Teatro), dentre outros.

Concomitante a isso, foi criada a Cooperativa Alegretense de Teatro, formada por ex integrantes do mensageiros, no qual em 2013, unindo-se novamente, deram início ao Projeto Coletivo Multicultural de Alegrete.

O grupo nunca parou, porém, direcionou suas ações para o desenvolvimento de projetos em prol dos Direitos Humanos e hoje, se configura como o Ponto de Cultura Coletivo Multicultural de Alegrete. O coletivo é apartidário, laico, e luta, utilizando-se das linguagens artísticas, pelas minorias e pela possibilidade de uma transformação social através da arte.

Desde o ano de 2015, a associação/coletivo administra um espaço cultural localizado a rua Barros Cassal, 2160, onde oferece, gratuitamente, oficinas de teatro, cinema, literatura, artes visuais, mantendo ainda uma sala de cinema com 20 lugares, que exibe todo o sábado mostras e maratonas de filmes cults. Junto com demais parceiros, o coletivo desenvolve os projetos “Segundas Poéticas”, “O Som da Leitura”, “Sociedade Literária Rui Neves”, dentre outros.

Confira abaixo alguns espetáculos montados pelo grupo:

  1. Drogas Entre Dois Mundos (1998) / A Sombra de um Novo Amanhecer (1999) / Amanheceu lá Fora (2002)
  2. Três Solteirões na Pindaíba (1999)
  3. A Vida é doação (1999)
  4. Além da Palavras (2000)
  5. Sempre a Mesma História (2000)
  6. O Auto do Enlace (2001)
  7. Entre Nós (2001)
  8. Lembra-te de Mim (2004)
  9. Sarau Mario Quintana (2005)
  10. Sarau O Poeta de Aldeia (2006)
  11. Candido (2007)
  12. O Cigarra e a Formiga (2007)
  13. O Anjo e o Poeta (2007)
  14. Drops Teatro em Gotas (2008)
  15. As Faces de Madalena (2009)

Como Cooperativa Alegretense de Teatro

  1. Cortejo para uma noite de Natal (2009)
  2. Zeca, o soldado trapalhão (2010)
  3. O Lobo Bom (2011)
  4. A Farsa da Noiva Feia (2012)
  5. Entre Nós (Remontagem – 2013)
  6. Bom Apetite (Com integrantes das oficinas de teatro – 2015)
  7. Era uma vez vírgula (Com o grupo de Teatro cena 3 – 2015)
  8. Celebração Noturna para Edgar Allan Poe (2013 – 2017)

Filmes produzidos:

  1. Depois do meio dia mudaremos o mundo (Curta ficção – 2009)
  2. Abdução (Curta ficção – 2014)
  3. Tempo de Escola (Curta ficção – 2014)
  4. O Assombro (Curta ficção – 2015)
  5. Além da Guerra (Curta ficção – 2016)
  6. Acordes (Curta ficção – 2016)
  7. Contos e Fábulas, o despertar da identidade (Documentário – 2016)
  8. Ibirapuitan, o Rio Vivo (Documentário – 2016)
  9. Medos (Curta ficção – 2017)
  10. Produção Escolar (Documentário – 2017)
  11. E se tudo der certo (Curta ficção – 2017)

Empresa e pessoas que apoiam as ações do coletivo: Pampa Óptica e Joalheria, Caal, Sotrin, Casa de Ré,  Caal Centro Comercial, AOT – Alegrete Ortopedia e Traumatologia, 23 Pub Bar, Jornal Gazeta de Alegrete, Master Som e Luz, Escritório Contábil Pinheiro e Mulazzani, Casarão Pizzaria,  Alexandre Alves, Paulo Antônio Berquó, Sebastião Fialho Guedes, Erasmo Guterres Silva, Maria de Fátima Mulazzani, Cláudia da Costa Rizzatti, Amanda Melo, Maria do Horto Salbego e Runildo Pinto.

Júlio Cesar Santos                  Fotos: Acervo Grupo de Teatro Mensageiros

 

Compartilhar

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*