Homem assassina esposa e se mata em Venâncio Aires, diz polícia

Delegado que esteve no local do crime encontrou os dois no quarto do casal. Aurimar Gollmann, de 62 anos, estava com uma espingarda na mão.

Um casal foi encontrado morto dentro de casa na manhã desta segunda-feira (13) em Venâncio Aires, no Vale do Rio Pardo, no Rio Grande do Sul. De acordo com o delegado Vinícius Lourenço de Assunção, da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento do município, Aurimar Gollmann, de 62 anos, tirou a vida da esposa, Nelia Gollmann, de 56 anos, e depois se matou.

Os dois eram casados há cerca de 30 anos e, segundo testemunhas, estariam brigando com frequência ultimamente.

“Crime passional, eles vinham atravessando problemas no relacionamento. Ela sinalizava que queria romper a situação, e ele não aceitou”, conclui o delegado.

A polícia foi chamada ao bairro Gressler por um vizinho que estranhou o sumiço do casal. Ao chegar à residência, por volta das 11h, a polícia encontrou a mulher morta na cama e o marido num canto do quarto do casal com uma espingarda na mão.

Um dos filhos dos dois, já adulto, também já estava no local. À polícia, ele disse que precisou arrombar a porta do quarto e que encontrou os pais já sem vida. O envolvimento dele no crime foi descartado pelo delegado.

“Ele [o filho] foi chamado por um vizinho que estava procurando o casal e não estava encontrando”, conta Assunção, que afirma ter ouvido também outro filho de Nelia e Aurimar.

O casal vivia com a mãe de Nelia, mas ela não estava em casa no momento do crime. Um inquérito policial será instaurado para apurar as circunstâncias das mortes.

“Vai ser ouvido um vizinho que teria ouvido alguns barulhos por volta das 6h, horário em que, acreditamos, pode ter acontecido o crime”, afirma o delegado. Segundo a polícia, não havia nenhum registro policial de violência contra o suspeito.

Compartilhe
  • 55
  •  
  •  
  •  
  •  
    55
    Shares

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*